Shinobi Legends
Que Horas São?


Quem está conectado
2 usuários online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Handa

Ver toda a lista

Últimos assuntos
Asura Vs RukaOntem à(s) 12:42 pmRuka
Quest - Compras Ontem à(s) 11:32 amHanda
Gabinete do HokageQui Nov 16, 2017 1:14 amYhwach
Quest - O Caminho de BaamQua Nov 15, 2017 7:30 pmUmagon
Arredores da VilaQua Nov 15, 2017 9:58 amIzanagi
Os membros mais ativos da semana
9 Mensagens - 21%
7 Mensagens - 17%
4 Mensagens - 10%
4 Mensagens - 10%
3 Mensagens - 7%
3 Mensagens - 7%
3 Mensagens - 7%
3 Mensagens - 7%
3 Mensagens - 7%
3 Mensagens - 7%

Notas
Todos os clãs Sofreram Reworks! Se você tiver interesse, dê uma olhada no seu, alguma técnica pode ter sido modificada! XD

Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Narrador
Narrador
Ver perfil do usuáriohttp://shinobi-densetsu.forumeiros.com

Arredores da Vila

em Qui Set 07, 2017 11:28 pm


Muros que medem mais de Vinte Metros, impossíveis de se penetrar, a grande defesa e orgulho da vila, florestas rodeiam o local, e uma grande estrada se divide e gera conexões com a maior vila dos reinos! Conectada a Floresta da Morte, ao Correrio, Campos da Folha e Lago Congelado!
Área de Risco!
Sempre deixar a Vila Lançar dado "Viagem Através!"




avatar
Genin
Genin

Status
Vida:
0/80  (0/80)
Chakra:
0/140  (0/140)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Arredores da Vila

em Qui Out 05, 2017 2:29 pm
Estava a andar pelo caminho de terra, a direção, o portão de Konoha, estaria em conjunto com mais dois, mal os conheciam, não era uma situação cotidiana, mas continuava o caminho quieto até então. - Sabe, isso pode ser muito chato, então façam com que não fique chato. - Não era bom com palavras, e simplesmente só pensava em terminar a missão, no entanto passaria algumas horas com esses caros, o que poderia ser interessante.

Agora no portão, levantava minha cabeça olhando para o alto, cerca de vinte metros completamente fechado, olhava ao redor uma pequena guarita, lá um guarda e também porteiro, ele abria o portão, uma brecha apenas, sendo suficiente pra passar por esse, agora do lado de fora começava a caminhada com destino a Utakata.
avatar
Genin
Genin

Status
Vida:
0/140  (0/140)
Chakra:
0/300  (0/300)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Arredores da Vila

em Qui Out 05, 2017 4:24 pm
Continuava a andar a frente. O Pergaminho? Guardado dentro de minhas veste, enrolado ao pano em meu torso. Em um passo eu queria tanto abri-lo e entender oque estaria acontecendo, em um outro passo deveria deixar tudo aquilo como estava : Apenas uma missão para entregar uma mensagem. - Será uma longa viagem. Iremos nos conhecer melhor. - Digo sem tirar o olho da frente, após ouvir Takesho. Coço minha bochecha e solto um suspiro, sabia que teria que ser um pouco sociável com o novo time. Com um pouco de receio e muita luta para criar a vontade, faço a cara mais amigável possível e viro meu corpo para Takeshi sem parar de andar.

- Me chamo Tenaka. - Volto a então a deixar meu corpo para frente novamente. - Você deve ser Takeshi. O cara lá atrás esquisitão com o pet, que não deveria ser, é um Senju. Kusura... Kabura... ah. Senju Kobura. Algo assim. - Então coço minha cabeça, numa forma de pensar. - Temos que passar pelo lago congelado. Será a próxima parada. - Parece que o primeiro contato que tive, com o Agares, não foi muito bem aprendido por mim. Yare yare... Aprender coisas novas não deve ser tão ruim assim, não?
avatar
Genin
Genin

Status
Vida:
0/140  (0/140)
Chakra:
0/400  (0/400)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Arredores da Vila

em Qui Out 05, 2017 10:53 pm
Estava um pouco a trás dos demais membros de minha equipe, era fato que eu teria de me enturmar com eles, pois provável que ainda viriam muitas outras missões como essa, então me aproximo mais dos mesmo então, escuto o garoto sem educação falar seu nome, Tenaka algo assim, em seguida ele tenta pronunciar meu nome, o interrompo o corrigindo -Kobura, Kobura Senju. seguíamos então a viagem ate que lembro-me que prováveis lutas viriam a acontecer, então digo ao mesmos:
-Ei, tomem cuidado la fora, ou prenderam da pior forma possível, como o mundo não é justo. -terminado minha frase colocando a mão sobre meu olho cortado, então dou continuidade a minha tentativa de interação:
-Bem, espero que nossa equipe se de bem, pelo menos temos um medico entre nos para qualquer imprevisto. -Termino em gargalhada, então continuo a seguir os jovens ate que nos chegamos ao portão, da vila, que era aberto apos a mostra do pergaminho e seguimos nossa viagen...
avatar
Narrador
Narrador
Ver perfil do usuáriohttp://shinobi-densetsu.forumeiros.com

Re: Arredores da Vila

em Qui Out 05, 2017 10:53 pm


*Os três rapazes caminham pela saída da vila, o caminho é longo, a luz do sol é ofuscada pela forte neblina, estava calmo, tudo tranquilo, até que um ruído surge detrás de um arbusto, algo como um gemido...



═════════════════════════════

Saca só:
Então você gosta de curiar assinaturas? -50 Exp
avatar
Genin
Genin

Status
Vida:
0/140  (0/140)
Chakra:
0/300  (0/300)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Arredores da Vila

em Sex Out 06, 2017 4:55 pm
Faço um sinal com o punho fechado, em silêncio. Um sinal de pare. Cuidadosamente, retiro minha kunai. Rodo o furo da base pelo meu dedo indicador e a ponho em horizontal na minha frente, em forma defensiva. Podia ser algo inofensivo, um animal qualquer ou até mesmo algo feroz, era muito difícil saber e esta neblina repentina não ajudaria em nada. - Se localizem perto um do outro. - Sem tirar os olhos de onde veio o barulho, me agacho e agarro uma pedra com a mão esquerda. Tinha que fazer algum contato. Pelo seu rosnado, qualquer ação ofensiva iria partir para cima. A pedra poderia espanta-la ou ser o estopim para que a tal criatura investisse. Arremesso a pedra contra o barulho, torcendo para que aquilo estivesse algum efeito, seja bom ou ruim.
avatar
Genin
Genin

Status
Vida:
0/80  (0/80)
Chakra:
0/140  (0/140)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Arredores da Vila

em Sab Out 07, 2017 12:03 am
Tenaka e Kobura, um parecerá bem espontâneo, o outro um tanto ocluso, olhava para esse, o do pet, sua bandana não me agradava, ele certamente escondia algo, enfim, talvez pergunte em outra hora, ficava um pouco calado, escutando a conversação de ambos, esses gesticulavam até demais pra mim, Kobura indiciava-se de ser médico, algo importante a se notar, como alguém novo de tal maneira, seria um medico, talvez fosse ironia do mesmo. - Ei médico, qual o sentido da bandana no olho? - Tentava interagir com time da melhor forma possível, seguindo a caminhada do lado esquerdo de Tenaka, cerca de dois metros para sudoeste desse, andava distraído, até o momento em que algo chegava a alertar o grupo, bem, parecia um gemido.

Viria esse dum arbusto ao canto da estrada, meu olhar procurava sua direção, não vendo os sinais de Tenaka, logo seguia a diante, chegaria a passar por esse, tirano fino, quase esbarrando, me assustava por um momento, e logo entenderia a situação, parando a seguir. - Qual é cara, estamos próximos do portão ainda, está com medo de um animal? - Deduziria aquilo em tal momento, não esperava por algo grande, saindo daquela mata, não por hora, porém, Tenaka continuava com aquilo, pegava uma kunai e ordenaria algo em consequência, ao ouvir, colocava a mão esquerda sobre o pulso direito, levantando os dedos polegar e indicador. Tenaka jogava uma pedra no arbusto, sua provável ideia seria espantar aquilo? Bem, vou entrar no jogo, levantava a guarda, dava dois passos pra trás e firmava os pés no chão, ainda com minha "arma" em mãos, esperava pelo pior, embora não esperasse.

avatar
Genin
Genin

Status
Vida:
0/140  (0/140)
Chakra:
0/400  (0/400)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Arredores da Vila

em Sab Out 07, 2017 1:14 pm
continuávamos a andar ate que sou questionado por takesho sobre a bandana que escondia meu olho, eis que respondo o jovem então:
-Bom, em uma luta contra meu irmão mais velho eu vim a perder meu olho, uso a bandana para tampar a cicatriz, se não fosse o antigo dono de Gama, minha invocação eu provavelmente estaria morto.
-Dono o caralho, ele era meu amigo assim como você. -Responde gama com um tom raivoso.
então seguíamos nosso caminho, ate perceber uma neblina que nos rodeia de uma hora pra outra, seguidas de um gemido, gurnido não sei bem, só sei que não me cheirava bem, porem aquilo poderia ser só um animal, mas quando natsu foi possuído havia uma neblina como esta, então engulo seco, o medo tomava conta de mim, porem logo meu sangue esquentava, e eu olhava para Tenaka, que jogava uma pedra contra o arbusto de onde o barulho havia vindo, tirando assim qualquer chance de ataque que eu poderia a fazer pois a criatura ou animal poderia escapar, da pedra escapando assim do ataque surpresa de minhas madeiras, então apenas faço celos, para criar o bisturi de chakra deixando minhas duas espadas em suas bainhas pois eu não queria usá-las era hora de colocar meu treinamento em prova, caso a criatura atacasse meu próximo movimento seria ativar minhas laminas para atacá-lo ou ate mesmo distrai o mesmo para que meus companheiros corram e eu saia da la com o enraizar.
avatar
Narrador
Narrador
Ver perfil do usuáriohttp://shinobi-densetsu.forumeiros.com

Re: Arredores da Vila

em Sab Out 07, 2017 8:52 pm


*Tenaka os manda parar, embora com as palavras de Takesho, os três não estavam tão próximos assim da vila, talvez uns cem metros de distância, mas ainda assim, perigo tão próximo da vila não era um bom sinal...

*O rapaz joga uma pedra no arbusto, Takesho entra em estado de alerta e Kobura nada faz, pois mesmo após realizar os selos, algo dá errado com sua técnica... (Descrição???)

*A estrada não era escura, era manhã, mas por algum motivo, seus espíritos fraquejam e a sensação de solidão os abraça, fica difícil até engolir a própria saliva, quando o arbusto ali no canto, oculto por uma árvore se move, e um coelho salta para fora...

*A pequena criatura os distrai e some virando noutra direção da floresta...

*Os rapazes chegam a engolir seco, respirando e agradecendo a simplicidade do ocorrido, porém seus corpos tornam a ficarem pesados e seus movimentos limitados, aos poucos suas peles rachavam como se aos poucos congelasse! Ao olharem fixamente para a estrada a se seguir, vocês tem a impressão de verem um vulto negro encapuzado adentrar a mata no sentido oeste!


-26 Todos

avatar
Genin
Genin

Status
Vida:
0/140  (0/140)
Chakra:
0/300  (0/300)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Arredores da Vila

em Sab Out 07, 2017 10:37 pm
Um vulto passando? Tão perto da vila? Seria isto do porque o Hokage não deixar abrir os portões? - Merda... - Praguejo rangendo os dentes, sentindo a dor mas tentando não demonstrar corporalmente. Era um hábito para mim mesmo, demonstrando força. A criatura se mostrou e nos causou dano. Ela não passaria e faria isto de graça. Somos os alvos dela. Aponto para o Senju ir a esquerda, Takeshi para o meio e eu para a direita, com dois flancos e um direto. - Me empreste uma Katana, Kobura. - E o mesmo, concordando, arremessa a mesma com bainha, na qual a equipo em minhas costas. - Ikuzo ! - E sigo para o flanco da direita, tentando cercar a criatura.
avatar
Genin
Genin

Status
Vida:
0/80  (0/80)
Chakra:
0/140  (0/140)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Arredores da Vila

em Ter Out 10, 2017 5:19 pm
Lugar errado na hora errada, palavras que definem a situação atual da equipe, o golpe era rápido e minha cabeça nada mais fazia sentido, um medo inconstante vinha do arbusto, segundos esses que pareciam eternos, diante algo completamente desconhecido, fechava os olhos buscando evitar aquilo tudo, não funcionava, levantava a cabeça, olhando para meus companheiros, aquilo não me afetara isoladamente, via que ambos tinham o mesmo problema, problema estaria chegando, e eis que da as caras, um pequeno coelho salta do arbusto, ria com aquilo, um riso sarcástico ofuscando o medo presente, seguia esse com meu olhar até a sua deixa. - Apenas um anim... - Aquilo ataca novamente, o medo, porém o opressor de tal sentimento se mostrava presente, parado na estrada ficava por alguns segundos, antes de investir contra a floresta, não tinha tantas ações em tal momento, mal dava para mexer minhas mãos tremulas, e o silencia até então era insuportável, o seguia com o olhar, assim como antes, porém no decorrer, veria Tenaka seguir adiante, com alguns sinais, comandava a situação, seguiria suas ordens com tamanha dificuldade, seguindo adiante pelo centro, instintivamente pegaria uma kunai, minha mão tremendo forçava-me a segurar tal com ambas às mãos, apontava-a para frente, essa que estaria na altura do (meu)peito, nunca sentiria tal coisa antes, sabia que teria acabar com aquilo, antes que o mesmo fizesse comigo, por fim, ficava atento, visando fechar os pontos de fuga, caso tal vinde ao meu lado.
avatar
Genin
Genin

Status
Vida:
0/140  (0/140)
Chakra:
0/400  (0/400)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Arredores da Vila

em Qua Out 11, 2017 11:23 am
Era fato que a principio nos ficamos com medo a toa pois era a penas um coelho, porem em seguida, uma criatura passa, era um vulto, então a mesma estava a correr, Tenaka então entrega ao grupo sua estrategia e peque para que eu jogue minha Katana, sem muita demora tiro a mesma com sua bainha junto e jogo para o mesmo, pensando "ele ira fazer mais bom proveito do que eu" era hora então de atacar em bora eu perceba que a criatura aparentemente era algo como um fantasma, a gente tenta fazer um contra ataque, embora eu achasse melhor correr, porem me movimento para a esquerda assim como havia mostrado Tenaka, para que a batalha inicie...
avatar
Narrador
Narrador
Ver perfil do usuáriohttp://shinobi-densetsu.forumeiros.com

Re: Arredores da Vila

em Qua Out 11, 2017 11:54 am


*Aos poucos o sol se erguia no centro do céu, mas ainda assim seus corpos gélidos se enganavam como se fosse meia noite, tuas visões ficam turvas e a pouca luz que enxergam some ainda mais, uma sensação claustrofóbica onde teus movimentos são limitados...

*Tentam se mover para cobrir maior área, e por menos densa que era essa floresta, não tinha como perder aquilo de vista, mas, algo não está certo, a sombra não mais lá estava, detrás daquela árvore!

*Do chão um vulto surge, Tenaka o vê, aquilo avançava na direção de Kobura que estava mais próximo, pela esquerda, por entre Takesho, cada um separado por quatro metros, o rapaz tenta gritar mas não consegue, uma forma sombria, como uma nuvem que aos poucos se formava como humanoide, encarando o garoto, abria sua boca...

*Kobura, o que tu vê lhe deixa sem reação, a boca da criatura aberta possuía dentes em toda a extremidade, repleta de vermes e larvas, o buraco não tinha fim, e você vê, na escuridão daquela boca repleta de dentes, um abismo, o qual te desola e te deixa sentido, sem razões para quaisquer coisas tentar fazer...

*Takesho que mais próximo vê algo ainda mais bizarro, a boca da criatura aberta sugava aos poucos uma energia branca da de Kobura, como se sua energia fosse sugada!

Kobura: -13 de Vida
Tenaka: Paralisado momentâneamente
Kobura ative o Lançar D20 Quando Postar
Teste de Sanidade - Dificuldade 14


avatar
Genin
Genin

Status
Vida:
0/140  (0/140)
Chakra:
0/400  (0/400)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Arredores da Vila

em Qua Out 11, 2017 1:17 pm
Spoiler:

A criatura avança contra mim, me deixando sem reação quando a mesma abre sua mandíbula mostrando suas dezenas e dezenas de fileiras de dentes, com vermes e tudo mais, eu fico sem reação, porem Gama em meu cabelo mesmo sem ver a criatura devido meu cabelos esta tampando parte de sua visão, mas o sapo sabia que meu fim estava próximo pois ele havia sentindo a criatura, em um ato desesperado este vem a brilhar, com um brilho tão forte que ofuscaria a visão de quem olha-se diretamente para o brilho, e devido a criatura esta olhando para mim, a luz iria toda em seu rosto, porem ainda não era o suficiente, a quela criatura ainda poderia simplesmente dar continuidade ao ataque, gama então pula de minha cabeça por cima da criatura para não ser atingido caso a criatura atacasse ainda porem em quanto o mesmo pulava ele vem a gritar:
-Koburaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa! -a ação do sapo com a luz ofusca a boca da criatura fazendo com que eu ganhe segundos de lucides novamente, me vejo em uma unica saída, pois devido a luz minha visão também fora afetada, então em menos d um segundo que retomo a consciência me enraízo com o solo deixando um clone de madeira prestes a explodir em frente a criatura, em quanto eu ficava dendro do solo, para sair de trás de uma arvore quando me fosse vantajoso com tanto que eu respeita-se meu limite...


Status:

Vida: 101
Chakra: 370


Gama


Vida: Full
Chakra:60
Jutsus:

Kobura
Enraizar

-30
Gama:
Flash

-40
avatar
Genin
Genin

Status
Vida:
0/80  (0/80)
Chakra:
0/140  (0/140)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Arredores da Vila

em Qua Out 11, 2017 9:47 pm
Estavamos atrás da criatura, ao menos esperava que sim, a ideia seria envolvê-la na triangulação e assim então fazer um possível ataque, porém no primeiro momento em que decidimos contra atacar, a mesma já estava á mando da situação, em uma simples piscadela, essa desaparecia de imediato, buscava encontra-la, mas aonde deveria procurar? Não teria como essa escapar assim tão rápido, algum jutsu? Ainda está escondida? Ou ficou invisível? Tantas possibilidades há de ter em tal momento, porém nada faria sentido por hora, alguns minutos atrás pudera perceber o poder que tal criatura concedia, deixando talvez resquícios em minha mente, não, aquilo seria coisa da minha cabeça, não havia resquícios, era o poder da criatura que ainda me afetava, fechava os olhos por um instante, optava por concentrar-me em um momento decisivo como aquele, a equipe não poderia seguir adiante com um peso morto, considerando a mim mesmo de tal forma.

Abria meus olhos de repente, olhando para o chão, engolia o seco da minha garganta em uma rápida de segundos, enquanto sentia tamanha pressão do meu lado esquerdo, olhava assim então para esse, e eis que via finalmente a criatura, estava na frente de Kobura, essa era maior que o garoto. Era esse o seu jogo, indiciava o medo em seus oponentes, logo então os impossibilitando e fazendo aquilo com a boca, parecia mais uma brincadeira, da forma como tudo acontecia, e ainda encarando tal, visualizava tudo de camarote, soava cômico, naquele momento imaginaria se morreria enfrentando apenas essa criatura em toda carreira, seria como uma fila indiana, e eu estava em segundo, mas nem fodendo que serei o segundo a morrer sugado, em um impulso de adrenalina motivado pela raiva que projetava, segurando a kunai ainda com as duas mãos, fazia um simples movimento desprendendo-a e a segurando com a mão esquerda apenas, de olhos ainda na criatura, a movimentação do cabelo de Kobura me estranhava, eis que o pet do mesmo dava as caras, virava de repente para localizar Tenaka. ” Bem atrás de mim... Certo! “ Parecia que esse estava em choque, porém seria o mais seguro até então.

Desde cedo decidia que seria um lutador de longa/média distância, olhem para mim, estarei eu enfrentando uma criatura fantasmagórica, bem, seria mais como um golpe despretensioso, infelizmente gosto da minha vida e não serei o segundo em nada, várias coisas passariam em minha cabeça no último instante, certamente um erro meu pensar demais e não agir, porém, antes de ataca-la, concentrava uma pequena quantidade de chakra sobre a kunai, pensaria em como a criatura poderia aparecer e desaparecer, de tal forma que poderia essa fazer de novo e de novo, logo usaria o chakra como uma cartada na manga, e eis que chega a hora, impulsionava meu corpo para a direção da criatura, um pequeno grito ouviria, fino e enfurecido, talvez melancólico, me desviava a atenção por instantes, mas ainda centrado na criatura, minha intenção seria desferir um golpe coeso em sua costela, ao menor das hipóteses em um dos seus braços, optava por cortar o horizonte com a pequena ferramenta que tinha em minhas mãos, designando justamente na direção somente da criatura, o movimento era simples, puxava minha mão e esticava-a, girando o quadril a seguir, estaria agora de costas(mais ao nordeste) para a criatura, deveria ser rápido, logo correria alguns seis metros à frente, se algo não funcionasse de acordo com o previsto, teria mais espaço para pensar, e talvez até chamar atenção, enquanto os demais se recuperam. Ao percorrer, me virava pronto para o pior dos acontecimentos, ficando observar a criatura e os demais.

Status~
Chakra(80/140)
Vida(54/80)

Spoiler:
o sapo tinha como alvo o dementador, logo, meio que estou livre do jutsu dele, acho.
avatar
Genin
Genin

Status
Vida:
0/140  (0/140)
Chakra:
0/300  (0/300)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Arredores da Vila

em Qui Out 12, 2017 4:52 pm
Adentrava mais a floresta, eu sentia que estava correndo no meio de uma noite escura; Uma madrugada gélida eu diria se eu não soubesse que ainda era manhã. Isto me dava arrepios mas não quanto a criatura. A bainha da Katana estava em minhas costas, com minha mão direta posta em seu pomo, podendo retirar a qualquer hora em um curtíssimo período de tempo. Eu procurava-a sem exerção, em todos os lugares. Um turvo saiu do chão, negro como a escuridão que aquilo trazia para floresta. Seu avanço era claro, estava indo contra o garoto Senju. - Kobu- ! - Eu me interrompo ao olhar para minhas mãos; para o meu corpo. Eu estava tremendo. Seria de medo? Nervosismo? Algo estava me parando. Não pode ser, quando mais precisam de mim eu travo. A raiva dentro de mim aumentava. Meus dentes rangiam forte com grande força de vontade parava a tremedeira de minhas mãos. Sem mostrar a raiva em meu rosto mas seriedade, troco olhares para com Takeshi, onde eu fazia um sinal de positivo com minha cabeça. " - Não é agora que eu irei botar tudo a perder. - " Falei com grande determinação. Puxo a Katana e a seguro com as minhas duas mãos, onde ando até onde Takeshi estava. Eu iria ajudar em qualquer brecha que a criatura abriria após a investida do mesmo. - Eu não irei perder. -
avatar
Narrador
Narrador
Ver perfil do usuáriohttp://shinobi-densetsu.forumeiros.com

Re: Arredores da Vila

em Sex Out 13, 2017 12:31 pm


*Kobura fazia selos de mão, enquanto teu sapo atacava com um flash de luz poderoso, ele conseguia escapar enquanto ao mesmo tempo afetava a criatura com seu ataque! Fora um movimento preciso, entretanto...

*Aquilo não passava de ilusão, um desfoque mental causado pelo próprio garoto que cai de joelhos babando num canto da boca, sua alma agora repartida bloqueava seu Chi pela metade! Seu coração estava disparado e sua mente dizimada momentaneamente, ele não sabia diferenciar realidade de ilusão, sua baixa cognição não o ajudou durante seu teste de resistência, agora, paralisado está...

*Entretanto o sapo saltava para defender seu dono, brilhando tão forte que parecia desintegrar a sombra!

*Takesho numa tentativa fula de defender seu companheiro lança a Kunai que passa pela sombra como se nada fosse e atinge uma árvore, o impacto seco da lâmina de aço atravessando poucos centímetros da árvore o faz perceber o erro, pois cego, o garoto ficou com o Flash do sapo!

*Tenaka caminha lentamente, tremulo, até Takeshi, assim também acaba sendo atingido pelo Flash de luz...

*Segundos se passam, mas cada fração de tais, pareciam décadas, suas respirações estavam pesadas, a ansiedade e medo de abrir os olhos novamente não os deixava se mover...

*Kobura recobra sua sanidade aos poucos, embora muito prejudicado, não consegue mais tomar ações ofensivas...

*Takesho não vê o espectro, porém ainda sente sua presença... Tenaka assim como Takesho o perde de vista...

*Sem muitas opções, os três se encontram encurralados num dilema, podendo correr, carregando, ou não, Kobura, pois sua missão é de maior importância, ou arriscar suas vidas para lutar contra tal criatura... O pergaminho nas mãos de Tenaka o dava tal escolha...

Kobura: Desenvolveu novo Trauma, "Absorção de Energia".
???
Vida: (-15)
Chakra: (-70)
Agilidade: ???


Obs: Lembrar de postar Foto e Status de invocação;

avatar
Genin
Genin

Status
Vida:
0/140  (0/140)
Chakra:
0/400  (0/400)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Arredores da Vila

em Sex Out 13, 2017 7:01 pm
Spoiler:

Tudo não passava de criação de minha cabeça, me vejo então caindo no chão impotente de ate me salvar, seria a quela minha hora, sera que minha historia acabaria assim, morto por uma criatura que eu nem sei o que é ? a força da criatura parecia de mais para minha força a atual, insistir em lutar só me causaria mais dor me levando a morte, porem uma parte de mim queria lutar, mas esse monstro me causava calafrios, a sua aparência orenda, com a boca aberta não saia dos meus pensamentos, eu mão podia continuar a lutar meu corpo não me respondia, eu não fazia nada alem de tremer no chão, gama havia me salvado, e o por algum motivo o mesmo não foi embora, ele estava sempre ali comigo, embora nossas brigas nunca nos separamos, ele é uma invocação livre para voltar para seu mundo quando quiser porem ele não faz fica aqui comigo, sempre no chãp então digo 
-eu não posso desistir da vida assim, não mesmo. -Em menos de um segundo, percebo meu corpo voltando a meu controle, era esse o momento, então utilizando  enraizar me conecto com o chão deixando um clone de madeira la, e gama já estava nas costas da criatura, devido o fato de o mesmo ter pulado, assim deixo o clone la e reapareço a 5 metros de distancia das costas da criatura, uma vez la, removo minha banda do meu olho trasplantado, mostrando então meu sharingan, era fato que eu precisaria dele, essa luta tornaria-se algo politicológica, era fato que minha morte era certa, minha vida se esvaia, assim como meu chakra, era perceptível que minha reserva havia caído drasticamente, mas eu não poderia fugir, não com a velocidade que a criatura mostrou ter, saco então a segunda lamina presente em minha cintura, pegando sua base com duas mãos, porem algo de errado acontecia, minhas mãos  estavam  tremulas, fazendo assim com que a lamina tremesse, quando olho para a criatura minha espinha gela, me fazendo em um movimento involuntário soltar a espada ao chão, aquilo me assustava eu quase não conseguia fazer nada, porem algo estava errado sinto um poder maior em meu olho trasplantado de meu irmão Natsu, pois o poder nele aparentemente tinha aumentado, eu conseguia ter uma noção de movimentos mais fáceis e com isso percebo que a criatura não estava mais la e que eu havia visto era ilusão da minha cabeç, seria esse um próximo level do sharingan, se é que isso existe, porem ignoro mas percebo que Gama havia percebido algo em meus olhos pois o mesmo não parava de olhar, fixamente, era hora de eu tentar um movimento em um ato de puro instando de sobrevivência eu grito a gama para que o mesmo fizesse o jutsu de brilhar, porem o mesmo faz com os selos, o mesmo sem demora faz tal pedido, dando assim para mim observar e aprender o jutsu porem antes que ele comece a brilhar forte mais uma vez, eu simplesmente fecho meus olhos momentaneamente. Assim eu copio o jutsu.


Gama: O sapo olhava  fixamente para mim, ele havia percebido uma mudança em meus olhos onde de vez aparecer apenas dois tomes como antes um terceiro havia surgido, ele não sabia o que era aquilo, porem não diz nada em voz alta, apenas em um pensamento diz:
-Seu olhos estão mudados, meu amigo, você provou ser forte, assim como o velhote previu. -apos isso o sapo escuta meu pedido brilhando mais uma vez porem o mesmo para tardar o tempo e eu não ser atingido resolve fazer os selos.


Status:

Vida: 101
Chakra: 400 - 200 = 200 - 30


Gama


Vida: Full
Chakra:30
Jutsus:

Kobura
Enraizar

-30

Dosatsugan - Olho da Percepção

Fluxo de Chakra

-8

Flash
 
-40
avatar
Genin
Genin

Status
Vida:
0/140  (0/140)
Chakra:
0/300  (0/300)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Arredores da Vila

em Sex Out 13, 2017 9:55 pm
Ignorava tudo que tinha acontecido ali e seguia adiante, esperando que Kobura fosse isca da criatura, voltando com a Katana para a bainha. - Vamos, Takeshi. -
avatar
Genin
Genin

Status
Vida:
0/80  (0/80)
Chakra:
0/140  (0/140)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Arredores da Vila

em Sex Out 13, 2017 10:12 pm
O inesperado acontecia, uma luz intensa atingia meus globos oculares. - MAS QUE MERDA!!!! - Levava as mãos aos meus olhos logo em seguida, não entendia o porquê da luz momentânea, talvez fosse à criatura, pensando a respeito seria a mais sensata preferência, sim, estou morto e cego, que dia lindo! Tentava me recuperar de total maneira, não ligando para o que aconteceria ao redor, embora estivesse cego, ainda tinha total disponibilidade dos meus demais sentidos, dentre esses, minha audição não falhava, ouvindo então alguns barulhos próximos, talvez Kobura, ou a criatura! Tenho que resistir, que merda, tanta preocupação/agitação, pra caralho nenhum, tenho que reavaliar meus conceitos. Tirava as mãos dos olhos, esticando meu braço a seguir, deveria sair dali o mais rápido possível, era arriscado, porém não devia pensar em tal momento, meus parceiros de equipe, só poderia pensar em suas mortes, enfim... Minha direção? Aonde a kunai fora jogada, no instante em que a luz me atingiu, pudera ouvir o som da madeira sendo pregada, como se estivesse na academia, não foi uma perda de tempo afinal, logo andava cuidadosamente até essa, embora apressado, poderia vir a tropeçar uma ou duas vezes, no entanto, não iria desistir, como medida preventiva, deixaria a kunai para trás, saindo dali pela norte.

Tudo dava errado até então, e eu to cego, puta merda, não existo pra isso, é tanta coisa pra avaliar, e que merda é essa dessa criatura, meus métodos não estão funcionando, tudo isso se resulta a minha fuga inesperada, que piada, como farei meu nome assim? E pra piorar, o medo ainda me rodeava, os poderes da criatura me afetavam inconstantemente. - O que quer que você seja, saiba que você é uma merda e eu posso provar... Não por horas, mas eu voltarei. - Logo após, ouvia uma voz, era conhecida, Tenaka estaria por ali, não o conseguiria ver, mas tinha uma opção. - Estou logo atrás. - Seguia com meu projeto atual de plano, indo para a direção que Tenaka estaria, embora não para o local de sua voz, logo sendo iria para a esquerda, após reatar com minha kunai.

avatar
Narrador
Narrador
Ver perfil do usuáriohttp://shinobi-densetsu.forumeiros.com

Re: Arredores da Vila

em Sex Out 13, 2017 10:54 pm


*Aparentemente Tenaka guardava a Katana de Kobura, levando consigo enquanto Takesho o seguia, ambos abandonam Kobura para trás e seguem visando o bem maior, completar a missão, ignorando baixas em sua equipe... Seguem para o Lago Congelado!

*Aos poucos algumas raízes surgiam em volta de Kobura, não havia motivos para seu sapo brilhar, a invocação observava e não via a criatura, logo não havia o que copiar...

*O rapaz surgia ao lado de uma árvore, jogado inconscientemente por sua própria técnica, enquanto o pequeno anfíbio em cima de seu corpo...

*Segundos se passam, para o garoto, eram horas, para seu animal em cima de seu corpo, décadas, ele não sabia quando seu companheiro iria recobrar suas energias, teu corpo é fraco, tua mente está frágil e agora... Um frio lhe congela aos poucos...

*Sozinho tu vê, com tua visão totalmente turva, um vulto surgir em sua frente, agora, novamente podia ver sua energia sendo absorvida aos poucos pela criatura que novamente lhe ataca!

Kobura: -34, seu Chakra está bloqueado em 200 Até o Próximo descanso.
???
Vida: (-15)
Chakra: (-140)
Agilidade: ???
Spoiler:
Sugar Alma

Custo: 70.

avatar
Genin
Genin

Status
Vida:
0/140  (0/140)
Chakra:
0/400  (0/400)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Arredores da Vila

em Sex Out 13, 2017 11:52 pm
Kobura
(ação 1)
-Oque, onde estou eu não havia levantado? -perguntava a mim mesmo eu não sabia o que havia acontecido, meu sharingan realmente estava mais forte porem nada do que havia acontecido realmente aconteceu, "seria isso tudo obra de minha mente?" pensava frustrado na floresta, eu mau conseguia mexer meus dedos do pé, o que havia acontecido, minha visão estava completamente turva, o medo me matava por dentro, me impedia de me mover, eu estava completamente veraneável.  




(Ação 2: Depois do Gama)
Um grito ecoava em minha cabeça, era gama gritando para que eu me levanta-se, ele ainda tinha esperanças em mim, e era só isso que eu queria e precisava, Gamma Nunca havia me abandonado e nem em momentos como esses de quase morte ele me abandona, eu não irei desapontá-lo vou protege-lo com minha vida. em quanto eu pensava percebo que o medo que eu havia sentido da criatura tinha se esvaído por completo, em um piscar de olhos então minha visão turba tinha se esvaído por completo, eu estava mais uma vez no controle, mas não de 100% ainda, quando minha visão volta ao normal vejo a criatura mais uma vez vindo contra mim tentaria comer mais ainda meu medo? o que essa essa criatura ? eu não sabia o nome mas era fato que ela era dementadora, sem que eu tenha um tempo de reação Gama sorri e pula pra minha esquerda, a criatura vinha contra mim então jogo meu corpo em rotação para minha direita, lado oposto de gama saindo assim da linha de fogo da criatura. 
apos isso me levanto fazendo selos o mais rápido possível, criando uma aura de chakra em volta das minhas mãos, que formão um pequeno bisturi, me coloco então em posição de batalha.

Gamma

 Gamma obcecava Kobura e pensava 
-Kobura estava reagindo de maneira estranha, o mesmo não estava lucido, basicamente vulnerável a quela criatura, ele não teria chances alguma, de lutar dessa maneira, e eu não tenho como lutar sozinho contra isso também, mas eu não posso deixar com que ele morra, ele é só uma criança, imatura ainda não conhece nada da vida... Não... eu não vou deixar Koburaaneável.   morrer, tenho uma reserva de chakra ainda, que seja. -O sapo então determinado em salvar Kobura tenta uma jogada arriscado o mesmo ativa seu doujutsu, ocular, que quando Kobura olha diretamente acaba entrando em um genjutsu do sapo, que tinha total acesso a seu cérebro, uma vez la dentro Gamma percebe que Kobura estava completamente apavorado e utilizando de seu domínio  do órgão responsável pelo medo que o jovem sentia, o sapo então implanta na mente de Kobura que ele não teria medo da criatura, devido a baixa cognição de Kobura esse genjutsu pegaria facilmente, Gamma então com seu poder telepático grita na cabeça de Kobura:
-Koburaaaaa! acorde. -Em seguida Kobura arregala seus

Status:

Vida: 101
Chakra: 144


Gama


Vida: Full
Chakra:40
Jutsus:

Dosatsugan - Olho da Percepção

-8

Chakra Bisturi

-10
avatar
Narrador
Narrador
Ver perfil do usuáriohttp://shinobi-densetsu.forumeiros.com

Re: Arredores da Vila

em Sab Out 14, 2017 1:15 am


*Genma aplica seu alto poder de manipulação ilusória infligido dano contra o próprio Kobura a fim de o despertar do choque, uma ação inteligente que coloca o rapaz de pé novamente!

*Agora apto a uma esquiva, ambos Ninja e invocação saltam se separando, abrindo o cenário do combate e dissipando a tensão e atenção do ser das sombras!

*Por um segundo parecia até que tinham o controle da batalha, até o momento em que o espectro novamente se torna pura névoa sombria, agora cobrindo todos os arredores enquanto náuseas e dores de cabeça os afetam!

*Assim a criatura retorna a seu estado normal, seu comportamento era curioso, ele retornava ao normal após um ataque, mas então se era explicado, pois como silhueta humana, ele abria sua enorme boca, absorvendo de uma só vez energia de ambos!

Ambos: -37
???
Vida: (-15)
Chakra: (-140)
Agilidade: ???
Spoiler:
Beijo Do Dementador

Categoria: Especial

avatar
Genin
Genin

Status
Vida:
0/140  (0/140)
Chakra:
0/400  (0/400)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Arredores da Vila

em Sab Out 14, 2017 10:42 pm
Kobura
Me jogar ao lado contrario de Gama havia dado certo, seria o momento certo para um contra ataque na criatura porem a mesma desaparece em forma de fumaça preta, tomando conta do lugar, o que ele tentaria agora, eu estava com o bisturi de chakra, em mãos, eu tinha a esperança de o chakra cortar a criatura, que embora mostra-se ser resistente a ataques físicos, porem a o bisturi era feito de puro chakra, assim como o brilho que afeto o mesmo, era uma jogada arriscada sim, mas eu não tinha ideia melhor, era isso ou nada, uma dor de cabeça forte começa então a atrapalhar meu pensamento, então digo em minha cabeça "-Droga, esse bixo não vai me deixar em paz tenho que tentar atacá-lo agora." termino minha frase e a criatura toma uma forma humanoide em minha frente, e de Gama que estava a 4 metros de mim, a criatura então abre sua boca e começa a fazer o jutsu mais uma vez, porem sem pensar muito ignoro e vou contra ela, na tentativa de cortar ela com o bisturi, uma vez perto da mesma miro com meu braço esquerdo seu pescoço, em quanto com o braço direito miro seu estomago, o corte seria simples começaria de baixo para sima, em quanto que com a mão esquerda o corte começaria da direita o corte com a mão direita começaria da esquerda formando assim uma especia de x, eu havia gravado a posição da criatura eu sabia que o golpe do pescoço poderia vir a falhar, mas eu acreditava que o do estomago iria acerta, essa era a melhor coisa que penso em menos de um segundo devido a dor e o mau estar que me atrapalhava. 
 
Gamma
 Gamma observava Kobura, via em seus olhos um sentimento de inquietude, era perceptível para o sapo a vontade de sobreviver, Porem gamma sabia que as chances disso acontecer seriam quase nulas, o sapo percebe que o jovem estava se preparando para um ataque quando a criatura vira uma especie de neblina negra causando dores e mau star nos dois companheiros, porem Kobura por algum motivo não fraqueja, ele simplesmente tenta ignorar a dor de cabeça continuando seu ataque, Gamma ao ver aquilo pensa "-Mas se ele atacar agora a criatura pode matar ele" Gamma então em um pensamento rápido começa a bilhar como nunca havia brilhado antes de uma forma muito forte para atrapalhar o monstro, dando assim a chance de ataque para Kobura, que não seria de fato afetado por não estar olhando para Gamma e sim focado na criatura com um olhar de Raiva.


Status:


vida: 30
Chakra: 126


Gama

Chakra:40

Jutsu:
Dosatsugan - Olho da Percepção

-8

Chakra Bisturi


Gama:
Flash
 
-40

-10
avatar
Narrador
Narrador
Ver perfil do usuáriohttp://shinobi-densetsu.forumeiros.com

Re: Arredores da Vila

em Dom Out 15, 2017 11:51 am


*Tu toma a iniciativa movimentando-se de maneira ofensiva tentando cortar a garganta do ser de trevas, ao mesmo tempo em que teu sapo começa a brilhar de tentando o cegar!

*Porém, a criatura toma forma sombria, e Genma não possuía chakra restante para nem mais um Jutsu! O ser então estica seus membros de modo a o agarrar, e sua lâmina passa pelo pescoço do espectro como se nada fosse!

*Retornando a seu estado tangível, o espectro pressurizava o corpo de Genma e lhe agarra pelo pescoço, tu sente dores incontáveis e vê teu companheiro sentindo o mesmo!

*Reagindo, tu perfura o corpo da criatura, mas não era o suficiente, ela ainda estava viva, os erguendo a mesma altura enquanto abria a enorme boca para lhes sugar o resto de alma que tinham!

*Tu tem em mente que o que fazer lhes custará a vida, pois ambos jaz sem energias teriam suas almas roubadas, a não ser que fossem libertos! Você só tem uma ação para se defender ou a teu companheiro.

Kobura: -27
???
Vida: (-55)
Chakra: (-140)
Agilidade: ???
Spoiler:
Beijo Do Dementador

Categoria: Especial

Corpo Sombrio

Categoria: Especial

Conteúdo patrocinado

Re: Arredores da Vila

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum