Shinobi Survival
Votação
Apenas um Voto por Pessoa...
A) Sim
100% / 6
B) Não sou Capaz de Opinar
0% / 0
Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

Ver toda a lista

Os membros mais ativos da semana
Últimos assuntos
Quest - Cortando a ligação Qua Jul 25, 2018 6:33 pmReaper
Ficha KuroiSeg Jun 25, 2018 7:57 pmKuroi Neko
Ficha KuroiSeg Jun 25, 2018 7:57 pmKuroi Neko
Modelo FichaSeg Jun 25, 2018 7:55 pmKuroi Neko
Outbreak - Por uma vez sóTer Mar 27, 2018 5:47 pmReaper
Outbreak - Dia dos mortosSeg Mar 26, 2018 12:30 pmUmagon
Que Horas São?



Compartilhe
Ir em baixo
avatar

Status
Vida:
200/200  (200/200)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Sem Equipe - Nameless

em Sex Out 13, 2017 9:24 pm


Sem Nome
Aqui jazem Shinobis sem trios!!



avatar

Status
Vida:
100/100  (100/100)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Sem Equipe - Nameless

em Sex Out 13, 2017 9:39 pm
É aqui? - Me questionava enquanto seguia o Hokage e o perdia de vista, estava ali no meu campo de treinamento, extenso e esverdeado como toda a mata do país. Esperava agachado a vinda do Hokage.
avatar

Status
Vida:
200/200  (200/200)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Sem Equipe - Nameless

em Sex Out 13, 2017 10:31 pm
Caminho até o centro do campo, de modo a ficar uns cinco metros do garoto, o dia estava nublado, quem sabe ainda esta noite não viria a chover, o tempo sempre está passando, quem sabe não está é na verdade acabando, preciso deixar estes garotos fortes, mas sinto que tudo está uma bagunça... Olho para os lados e penso por um momento, -Garoto, eu vi o seu registro, você usa o nome de Kara alguma coisa, mas parece ser membro do Clã Mamushi, por acaso já domina suas técnicas de clã?- Pergunto para ele enquanto cruzo meus braços...

-É comum ninjas com grandes famílias terem algumas técnicas passadas por seus ancestrais, assim seu caminho já fica mais fácil, então por que não começa por elas? Uma por vez, te observarei treinando e então opinarei, é simples, depois faremos um treino rápido...- E então me sento enquanto observo o céu, deixando a grama sujar minha roupa, num clima úmido e agradável, a brisa que ameaçava iniciar uma garoa em breve era aconchegante...
avatar

Status
Vida:
100/100  (100/100)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Sem Equipe - Nameless

em Sex Out 13, 2017 11:43 pm
Nunca nem tentei as técnicas de meu clã! Hokage-Dono - Comentava após ouvi-lo, mesmo não tendo tentado, já tinha visto elas com meus familiares - Meu clã não é muito grande, somos semi-nômades e eu fui enviado para cá pra crescer como um verdadeiro assassino - Em seguida, após falar minhas besteiras para o grande hokage, observo sua postura e digo antes de iniciar meu treinamento - Você... Tem Algo que o incomoda não é? Nos antigos povos nômades era comum olhar para o céu em busca de resposta internas para problemas externos.

Virava de costas para o kage e agora começava realizando o selo de mão cobra, macaco e por fim dragão, estes selos que eram ensinados desde o dia em que criamos consciência. Imediatamente meus olhos de rosados tornam-se amarelados  e uma sensação estranha percorre meu corpo, tal sensação que acompanhava minha visão que agora, num raio de cerca de vinte metros podia sentir todo o calor que me cercava.

Andava um pouco mais para frente até chegar próximo a uma árvore, a observo para ver se tinha alguma criatura viva naquele lugar e em seguida levanto ambos os meus braços e chego com eles ao centro de meu corpo, junto ambas as mãos e entrelaço os dedos, tal posicionamento de meus braços geravam uma produção de chakra externa a meu corpo, para ser mais exato na minha pele do braço esquerdo, próximo a meu punho e disso,ao que aparentava algo estranho dali surgia algo semelhante a... Uma vida?!? QUE? - Meu braço... O-O-quê? - Em seguida, tais focos de chakra tornam-se pequenos relevos na pele e tais relevos juntos com a energia espiritual transformavam-se em serpentes, duas para ser mais exato, estas que possuíam a coloração azulada e meio esbranquiçadas. Elas se esticavam até o tronco da árvore na minha frente e nela se enrolavam e se encurtavam, puxando meu corpo para cima, encostando na árvore. Em seguida descia da árvore e as duas cobras se encurtam até desaparecem em meu braço e vou em direção até o Hokage.

Serpentes das Sombras

Categoria: Hijutsu
Dificuldade: E
Selos: Cobra
Custo: 20 por Serpente
Poder: 2 por Turno
Notas: 5M/s, o veneno dura 3 turnos.
Descrição: O usuário projeta serpentes a partir de seu corpo, tais que podem alcançar facilmente até cinco metros, cada serpente possui um veneno em suas presas capazes de injetarem venenos ácidos.
avatar

Status
Vida:
200/200  (200/200)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Sem Equipe - Nameless

em Sab Out 14, 2017 1:33 am
Dou risada com a performance do garoto, era peculiar e debochado, divertido de certa forma... -Vamos lá isso não é uma simulação, apenas faça de forma natural...- Comento deixando meu peso para trás apoiando meu corpo em meus braços que davam apoio, como pernas de uma cadeira... -Respire, aqui próximo mesmo, mostre suas técnicas, logo em seguida comente sobre elas...-

Pareciam "ordens" simples, mas era a obrigação de um Ninja desenvolver a auto crítica e auto análise... -Locomoção, ataque à distância, surpresa e provavelmente venenoso...- Apenas suponho sobre a Técnica, talvez as serpentes nem aguentem o peso dele, aguardo novamente mais um treino...
avatar

Status
Vida:
100/100  (100/100)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Sem Equipe - Nameless

em Sab Out 14, 2017 11:58 am
-... Certo Senhor - Era como ele tinha falado, a técnica tinha tais características boas mas que eu sequer tinha analisado ou pensado em analisar. Talvez tal crítica do Hokage me faça progredir em algo. Mas enfim, seguindo para minha próxima técnica e deixando aprimoramentos para depois.

Desativava meu doujutsu e encarava Ieyasu. Tanto conhecimento... Ou não, talvez ele esteja apenas me passando o óbvio, ele ainda continua como uma interrogação em questão de sua identidade e conhecimento. - Projeção corporal... Locomoção, Ataque à distância ou semi-distanciado. Fator surpresa de locomoção - Falava aleatoriamente, interrompendo meu raciocínio anterior sobre o Hokage e iniciando meu novo raciocínio sobre a próxima técnica. 

Como toda técnica de meu clã, realizo o selo de mão Cobra, começando a liberação de chakra através de meu corpo e indo para meu braço esquerdo, depois realizava o selo de mão Tigre, este selo que serviria como indicador para iniciação da moldagem que o chakra faria em meu corpo. Após a realização dos selos, ambos os chakras liberados com suas funções entram em minha pele e criam um certo contato com os outros tecidos internos de meu braço e uma espécie de ruga é criada em... meu braço? Estranha a sensação, em seguida, movia meu braço bruscamente para a esquerda, esse movimento que desencadeava na ativação da técnica realizada anteriormente, a pele que havia surgido se estica, fazendo com que meu braço se estique junto e estendendo-o -Interessante... - Em seguida movo meu braço para o centro de meu corpo, trazendo com esse movimento meu braço estendido e fazendo com que ele volte ao normal - Imagine as possibilidades com essa técnica... - Olhava para minha mão esquerda enquanto movia meus dedos, encarava a palma da minha mão, de certa forma era estranho pensar que eu sou apenas um humano derivado de uma cobra ou algo do tipo... Como será que esse clã surgiu? - Oy, Ieyasu-dono, como que os Mamushi surgiram?

Projeção de Pele

Categoria: Hijutsu
Dificuldade: D
Selos: Cobra, Tigre
Custo: 20 Manter
Notas: 7M/s durante seu deslocar.
Descrição: O usuário pode deslocar sua estrutura corporal, ignorando seu tecido corporal, desenvolvendo em forma de pele, uma extensão a seu corpo, entretanto, independente do quanto avançar, sera apenas uma pele, podendo, ou não ser solta ou decepada.
avatar

Status
Vida:
200/200  (200/200)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Sem Equipe - Nameless

em Dom Out 15, 2017 4:14 pm
Possibilidades, realmente, muitas possibilidades, talvez minha mulher não teria pedido divórcio se eu fosse desse clã... Balanço a cabeça me livrando dos pensamentos idiotas, -Se eu não me engano são um clã Nômade da vila da areia, descendentes de adoradores de Naja ou algo assim...- Respondo para ele agarrando uma folha de um arbusto próximo a mim... -Muito bem, vou pedir para que termine todos os seus treinos de clã depois, agora segure essa folha!- A entrego para o rapaz, também pegando uma para mim... -A mantenha no meio de suas palmas e concentre seu chakra nela!- Faço o mesmo com a minha, revelando apenas minha natureza de água... A folha estava úmida... -Seu chakra se materializa em forma elemental, isso te dará o conhecimento de qual área pode investir!-
avatar

Status
Vida:
100/100  (100/100)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Sem Equipe - Nameless

em Dom Out 15, 2017 5:04 pm
- Naja... - Ficava andando em círculos - Certo! Vamos ver o que eu posso fazer com essa folha - Pegava a folha que fora entregue por Ieyasu  e a coloco na palma de minha mão, em seguida controlo o chakra na palma de ambas as mãos para ver que resultado tinha em minha folha. Ficando úmida semelhante a de meu tutor - Olha... Igual! - Mostrava para ele.
avatar

Status
Vida:
200/200  (200/200)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Sem Equipe - Nameless

em Dom Out 15, 2017 5:09 pm
-Hora, água também? Quem sabe não te ensino um jutsu ou outro depois!- Após o dizer rio um pouco e me levanto, -Por favor, continue com seus treinos, quando terminar pode me procurar se quiser, preciso averiguar os outros aprendizes!- E então me viro para caminhar na direção de algum outro campo de treino, ainda não sei qual... - Até! - Aceno sorrindo para Tenzo...
avatar

Status
Vida:
100/100  (100/100)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Sem Equipe - Nameless

em Dom Out 15, 2017 6:11 pm
Ficava observando a reação do Hokage ao ver minha natureza elemental. Comento comigo mesmo - Espero que ele realmente me ensine algo... - Virava de costas após terminar de ouvi-lo e me sento na sombra de uma das árvores para descansar e pensar um pouco. Estado de ócio era a melhor forma de adaptar minha própria mente para que assim adquira um olhar analista das coisas que me cercam.


Já possuo técnica ofensivas ou de suporte, no caso permitem a fácil locomoção e ataques surpresas com os venenos... O quê mais eu preciso para me tornar um ninja completo? Falta esquiva e mais elemento surpresa!!! - Dava um sorriso e em seguida apoiava a cabeça no tronco da árvore, ficava tentando pensar em possibilidades de treinos através desse meu corpo adaptado aos serpentários. - O quê eu preciso fazer para me tornar mais furtivo em uma esquiva ou investida? - Colocava o dedo indicador bem no meio de meu queixo e em seguida movia meu braço direita para cima e estalava os dedos indicando ter tido uma ideia.

Primeiro realizava o selo de modificação corpórea como de padrão de meu clã: Cobra. Em seguida realizava o selo de execução e materialização: Tigre. Por fim realizava o selo das trevas, responsável pela ocultação: Cachorro. Com essa coletânea de execução de selos, meu chakra se agitava e se espalhava pelo corpo de maneira homogênea, desta forma meu corpo se modificava a uma estrutura semelhante a de uma cobra branca, tornando-se  uma divisão de quatro cobras e estas que anteriormente estavam unidas em um só corpos se separam, desmaterializando assim o corpo do conhecido Tenzo.
As quatro cobras se movem de maneira aleatória, enquanto uma delas vai para o centro do campo de treinamento, todas morrem exceto a do centro, aquela única viva começa a se expandir na região da boca e cospe meu corpo que sai num disparo, nisso realizo uma cambalhota no final da movimentação e a cobra pula em meu braço esquerdo e volta a se unir à minha pele e por fim me sento ao chão para descansar.

Substituição Rastejante

Categoria: Hijutsu
Dificuldade: C
Selos: Cobra, Tigre, Cachorro
Custo: 70
Notas: 100 de Vida, 10M/s
Descrição: O usuário pode dividir seu corpo em um número variado de serpentes, sendo seu padrão, duas, porém, a cada acréscimo em dobro de serpentes, seu tamanho irá diminuir, de quatro metros para a metade, assim como suas vidas, porém, sua velocidade de movimento será dobrada. Quando essa técnica é ativa, o usuário pode também aderir o interior de uma dessas serpentes, somente quando a escolhida for morta, o usuário será removido de seu interior.
avatar
Narrador
Narrador
Ver perfil do usuáriohttp://shinobi-densetsu.forumeiros.com

Re: Sem Equipe - Nameless

em Seg Out 16, 2017 1:08 am
Atualizando Treinos -
Status: Aprovado
Experiência: 42 Inteligência, 37 Vontade, 13 Destreza.
avatar

Status
Vida:
100/100  (100/100)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Sem Equipe - Nameless

em Seg Out 16, 2017 6:08 pm
Restava a última técnica para complementar meu Skill Set de técnicas com serpentes. Já possuía a instância de ataque, locomoção, substituição e o melhor de tudo, todas possuíam o fator ocultação! O que mais faltava? Não fazia ideia. - Serpentes são astutas, precisam o tempo todo estar livre de perigos, podem parece alvos fáceis mas na verdade são um dos mais difíceis de lidar.

Ficava sentado no meio do campo de treinamento observando o ar, procurando pensar em formas de me garantir maior duração no campo de batalha. Nada vinha em minha mente, precisava pensar como uma verdadeira cobra. - O quê fazer quando estou em perigo? Claro, além de correr - Colocava a mão no meu queixo e ficava me perguntando isso várias vezes até encontrar uma resposta - Okay, Okay... Vamos melhorar a pergunta, o que eu faria para mascarar meu cheiro de ninjas rastreadores? - Me levantava e dava um soco na palma da minha esquerda - Eu usaria água! Óbvio, meu elemento é água, mas eu preciso mais do que isso... Eu preciso ser tão furtivo quando uma cobra... Eu tenho que aprender a trocar de pele!!!

Nisso concentrava meu chakra em meu corpo, a estratégia que seria usada era que de alguma forma esse chakra faça meu corpo reconhecer que esteja em perigo e me obrigue a trocar de pele assim como uma cobra faz. O chakra começa a se agitar em todo meu corpo e entrar em ciclo e de repente o mesmo vai sumindo de fora para dentro, como se estivesse encolhendo o sistema circular de chakra para dentro de meu intestino. Aos poucos Uma ânsia de vômito vem tomando conta de meu corpo, sinto como se um braço estivesse saindo de dentro de mim e... Estava! Pela boca, quando menos percebi um braço direito saía pela minha boca e logo em seguida o esquerdo, imediatamente minha consciência desaparece e por algum motivo eu estava em... Um lugar escuro e pegajoso, vendo como se tivesse uma luz no fim do túnel. Meu braço já estava para fora da luz. "Preciso sair desse lugar escuro" Em seguida colocava meu outro braço para fora daquele buraco e por algum motivo agora sentia facilidade em sair dali, abria o buraco aos extremos e tal lugar que eu tava por algum motivo despejava meu corpo para fora, parando caído no chão. - Que? Eu estava aqui no campo de treino? - Olhava para trás e via meu corpo se desfazendo em simples escamas que aos poucos se tornavam água ou ao menos algo ácido e por fim desaparecendo em meio a grama. Impressionado com aquilo me deito ao chão e fico olhando para o céu.


Troca de Peles

Categoria: Hijutsu
Dificuldade: B
Custo: 100
Notas: Recupera metade da vida e toda a estrutura corporal dos ultimos dois turnos.
Descrição: O usuário pode recriar seu corpo dentro de si próprio, retornando sua estrutura a um estágio perfeito onde quando não ferido, assim, se deslocar para fora do antigo corpo, como se trocasse de pele.
avatar
Narrador
Narrador
Ver perfil do usuáriohttp://shinobi-densetsu.forumeiros.com

Re: Sem Equipe - Nameless

em Seg Out 16, 2017 8:24 pm
Atualizando Treinos -
Status: Aprovado
Experiência: 10 Inteligência, 15 Vontade.
avatar

Status
Vida:
100/100  (100/100)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Sem Equipe - Nameless

em Qua Out 18, 2017 2:20 pm
Isolado eu estava, ali abandonado por tudo e todos, talvez por minha demora para chegar no vilarejo eu não seria colocado com uma equipe tão cedo. Como consequência, não faria missões com tanta preferência quanto os outros que possuem companheiros. A verdade é que possivelmente eu acabaria me tornando mais útil como um lobo solitário do que em equipe, enxergo que minha habilidades não se encaixariam em nenhum dos tipos de esquadrões criados atualmente. Dificilmente alguém se encaixaria em meu padrão de luta e estilo de vida, assim como uma fria filosofia ninja. - Irrelevante - Dizia em um tom de voz frio como a neve, um movimento leve era feito para me levantar e sair daquele meu estado de ociosidade.

Ainda não é o suficiente, preciso de mais, por estar sozinho, é minha responsabilidade ser tão forte quanto um trio, tomar funcionalidade de um e me aprender cada vez mais - Esticava meu corpo puxando meus membros, estalava meus ossos para que eu pudesse sair daquele meu estado de espírito preguiçoso, finco minha Shuriken gigante no chão e me afasto cerca de cinco metros dela, fico observando tal utensílio ninja por um tempo até tomar uma decisão bem simples.
 
Treinarei minha técnica de ataque - Certo, o quê eu preciso aprimorar nessa técnica? - Dizia realizando o selo de mão necessário para sua execução da técnica, este que era Cobra! Após a execução do selo, estico meu braço esquerdo na direção da Shuriken gigante e quatro serpentes brancas saem em direção do utensílio. Estava numa distância relativamente mediana e considerável. Até então a realização da técnica estava normal enquanto as cobras criadas se moviam na direção da arma, só que, durante o percurso, meu chakra envia uma informação para seus corpos, ainda com o selo de mão Cobra na mão esquerda que era ocultada pelas serpentes, com tal execução ainda ativa a informação era recebida com sucesso, no interior das cobras algo parecia se modificar, elas pareciam inchar um pouco e esse inchaço trazia consigo uma boa surpresa. As serpentes se enrolavam na Shuriken de forma segura para não danificar seus corpos e de suas bocas saem cópias de Wakizashis igual a minha que estava em sua bainha em minha cintura, as cobras soltam a shuriken, guardam as wakizashis dentro de si e retornam ao meu braço. Após isto volto a me sentar no chão para pensar em mais formas de me fortalecer.
Serpentes das Sombras

Categoria: Hijutsu
Dificuldade: E
Selos: Cobra
Custo: 20 por Serpente
Poder: 2 por Turno
Notas: 5M/s, o veneno dura 3 turnos.
Descrição: O usuário projeta serpentes a partir de seu corpo, tais que podem alcançar facilmente até cinco metros, cada serpente possui um veneno em suas presas capazes de injetarem venenos ácidos.
Spoiler:
Lâmina Oculta

avatar
Narrador
Narrador
Ver perfil do usuáriohttp://shinobi-densetsu.forumeiros.com

Re: Sem Equipe - Nameless

em Qua Out 18, 2017 3:09 pm
Atualizando Treinos -
Status: Aprovado
Experiência: 13 Inteligência, 9 Vontade.



Serpentes das Sombras

Spoiler:
Lâmina Oculta

avatar

Status
Vida:
100/100  (100/100)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Sem Equipe - Nameless

em Qua Out 18, 2017 6:48 pm
Um verdadeiro ninja deve aprimorar ao máximo todas as suas habilidades. Independente da sua área de maestria você deve investir em todas as áreas para que você possua um perfil com um enorme atrativo e também com o mínimo possível de falhas. Estava novamente no centro de meu campo de treinamento... Quantas horas haviam se passado desde que eu cheguei naquele lugar? Nossa... Sequer faço idéia, já tinha perdido totalmente a noção de tempo.

Enfim, colocava em minha cabeça tal ideologia que possivelmente levaria para toda a minha vida. Após treinar minha técnica de ataque, necessitava de treinar agora o custo de chakra da minha técnica de escape. - É, eu consigo observar que eu tenho um bom leque de técnicas para minha especialização de assassinato. Agora, preciso alterar a fórmula de minha técnica para reduzir totalmente o custo dela para que após sua utilização meu corpo não sofra com a desvantagem. Pode parecer simples a troca de pele mas é muito difícil fazer algo assim, ao menos para um humano.

Escorava minha cabeça numa pedra para utilizá-la de apoio enquanto olho para o céu para tentar imaginar uma forma de alterar do meu jeito aquela técnica. Fechava os olhos e começava a imaginar como possivelmente seria minha vida se eu fosse uma cobra. - Para que eu consiga masterizar minha esquiva eu preciso aprender como uma cobra utiliza sua esquiva, vai ser essencial pensar como um predador astuto. - A escuridão causada pelos meus olhos fechados por um instante me passava uma sensação de segurança em relação ao que poderia vir a seguir.

Uma simulação mental começa, por ser um humano artificial, não estava acostumado com aquilo, com a possibilidade de estar imaginando-me de outra forma. Sentia muitas respirações, um corpo úmido, o cheiro da terra molhada e... Inquietude, algo estranho em minha boca, minha visão era um pouco precária, via as coisas mais como borrões na maior parte do tempo. Miopia?!? Talvez. Por enquanto ignorava isso e a inquietude em minha boca, apenas ficando focado em achar um lugar um pouco escuro para poder pensar em possibilidades e sentir meu corpo e a natureza.

Encontrava uma folha gigante ao menos para minhas proporções. Finalmente sedia à vontade de abrir minha boca e ver o que estava tanto a me incomodar. Era a minha longa língua, ao abrir minha boca, minha visão se tornava perfeita como se não tivesse a pseudo-miopia, porém, tinha um diferencial, eu podia enxergar dentro de objetos... Não, é diferente, eu podia sentir o calor de tudo a minha volta...  Olhava para cima e assim que eu levantava meu pequeno corpo, podia notar um falcão vindo em minha direção, por quê eu estava imaginando algo assim? Ah verdade, situação de perigo.

O desespero bate nas portas de meu coração, como uma forma de escapar, começava me arrastar no chão para me locomover enquanto aos poucos minha pele pela parte de baixo ia se desgrudando de meu corpo e por fim se deslocava totalmente, deixando meu corpo escorregadio e permitindo que eu me locomova mais rápido e me esconda da criatura, que pegava minha pele falsa achando que era meu verdadeiro eu.



Imediatamente abro meus olhos e lá estava novamente na realidade, falava comigo mesmo um pouco ofegante - Já sei... O quê falta para aprimorar meu estilo de luta e minhas técnicas é realmente me tornar o mais próximo possível a uma serpente! - Abria um sorriso em meu rosto e agora colocava ambas as mãos bem  acima de meu estômago e empurrava. Minha boca se enchia de ar e dali ambos meus braços saíam primeiro, abrindo a boca ao extremo e empurrando o corpo para fora, agora com mais facilidade por não sentir tanto medo de estar preso em algum lugar, já sabia o que estava acontecendo comigo e também que estava fazendo aquilo por vontade própria. Um diferencial é que dessa vez, estava utilizando uma quantia bem menor de pois estava tentando fazer aquilo da maneira mais natural possível.

Após terminar de trocar de corpo, a pele do antigo se liquefazia. Pegava minha Shuriken gigante e a colocava em minhas costas presa e também pegava minha wakizashi junto de sua bainha, tinha chegado a hora de finalmente terminar meus treinamentos.

Começava a andar em direção ao gabinete do Hokage, queria agradecê-lo pela sua ajuda e quem sabe marcar um outro treinamento com o mesmo sobre meu elemento básico. Andava pela periferia de Konoha, passando pelas feiras. Tudo estava tão corrido, animado. Mas em todo lugar sempre há um espírito de porco e tinha certeza de que ali não era uma exceção. Enquanto andava pelo lugar, um homem esbarrava em meu ombro, ignorava naquele instante, porém, em seguida sentia sua mão passando por minhas costas tentando pegar minha Shuriken, imediatamente bato com a bainha de minha Wakizashi no chão e com o polegar levantava a lâmina. Com isso, virava meu corpo e com um olhar morto olhava para o tal ladrão, ele que devolvia o olhar com indiferença, até uns segundos depois, que o fazia tremer as pernas e consequentemente todo o corpo, segurava sua mão e a soltava de minha shuriken, colocando seu punho para baixo antes que pudesse notar e o forçando, causando uma forte dor em seu braço. Ajeitava minha Shuriken e seguia meu caminho.


Troca de Peles

Categoria: Hijutsu
Dificuldade: B
Custo: 100
Notas: Recupera metade da vida e toda a estrutura corporal dos ultimos dois turnos.
Descrição: O usuário pode recriar seu corpo dentro de si próprio, retornando sua estrutura a um estágio perfeito onde quando não ferido, assim, se deslocar para fora do antigo corpo, como se trocasse de pele.


Instinto Assassino
avatar

Status
Vida:
200/200  (200/200)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Sem Equipe - Nameless

em Qua Out 18, 2017 8:41 pm
Atualizando Treinos -
Status: Aprovado
Experiência: 19 Inteligência, 15 Vontade.


Troca de Peles

Custo: 100 > 85
avatar

Status
Vida:
100/100  (100/100)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Sem Equipe - Nameless

em Ter Out 24, 2017 7:56 pm
Caminhando pelos campos da vila, meus pensamentos não paravam em momento algum e finalmente sentia estava na hora de despertar a habilidade adormecida. O brilho do sol gerava um grande calo, graças as suas fortes ondas, no entanto entregava uma visão fantástica do campo. Ao me sentar no campo observei toda a grama. - Tudo bem, o clã Sabaku vem de uma família de nômades, e isso acaba revelando bem do que se trata suas habilidades. Hum... o despertamento da manipulação deve ser o mais difícil, talvez, tudo fique mais fácil depois. - Arrancando a grama que está a minha volta, junto boa parte dela em minha mão, assim seguro firme e fecho meus olhos. - Ok! - Respirando fundo, começo a me concentra para que assim possa transformar cada pedaço de grama em pequenos grãos de areia. Com minha concentração, fecho os meus olhos... e tento concentrar todo o meu chakra para poder iniciar a pequena transformação. Boa parte dele sendo concentrado em minhas mãos, sinto que elas vão ficando quente como se fossem pegar fogo a qualquer momento. Porém, nenhum resultado. Abrindo os olhos, observo a minha volta. - Estou fazendo algo de errado? Talvez! - ‘’ meu pai havia despertado o controle de areia, mas a manipulação dele não era das melhores... isso exige um grande esforço, e treinamento, para que possa ter total controle sobre isso. Ele não cansava de dizer; não são todos que conseguem controlar perfeitamente, mas, o que conseguem podem se tornar grandes ninjas e quem sabe ser bem reconhecido. Pelo visto terei que ter um foco maior. ‘’ novamente fecho os meus olhos, segurando firme a grama que tinha arrancado, passo todo o meu chakra para as mãos. Aos poucos todos os pedaços da grama começam a ser dividir em pequenas partes, tomando uma forma totalmente diferente e se tornando pequenos grãos de areia. Que lentamente começam a cair sobre o solo, como se estivesse se desmanchando.

Um meio sorriso se forma em meu rosto, abrindo meus olhos fito eles em minhas mãos vendo os pequenos grãos de areia. Uma sensação muito forte percorre pelo meu corpo, posso dizer que essa e a própria adrenalina, mas, em um estágio muito mais forte. E como se a minha visão sobre o meu clã ganhasse uma expansão. ‘’ podendo tocar em qualquer objeto seja ele qual for, posso transforma-lo em pura areia. E se isso acontecesse com uma pessoa, poderia matá-la em instantes. ‘’ me levantando sou alguns passos à frente. - Ótimo, agora preciso consegui uma boa quantidade, e mais rápido. - Me agachando coloco minhas mãos no solo. Jogando o meu chakra para as duas, me concentro em produzir mais areia, porém, desta vez em grande quantidade. Lentamente sinto o solo se desfazendo e a minha volta tudo começa a se tornar, puros grãos de areia. - Arf... - O Uso do chakra e muito grande, e certo que o cansaço chegue logo... No entanto eu tenho certeza de que terei controle sobre isso, futuramente. Ainda agachado faço um selo com as duas mãos. Respirando e suspirando me foco em cada grão a minha volta, já que estamos interligados graças ao chakra. Aos poucos eles começam a subir e ficam flutuando no ar, mas, eles se mantem muito separados. Erguendo-me um pouco, caminho para trás sem desfazer o selo, e começo a jogar todos grãos de areia na minha frente. De forma lenta eles começam a se reunir, uma nuvem desfigurada vai se formando e ficando cada vez maior. -Vamos lá - Quando todos estão reunidos, os grãos vão girando entre eles mesmo e um mini redemoinho se inicia, ele não dura muito tempo... Ambos se juntam e formam uma esfera de areia.

Dessa esfera eu formo uma clava bem grande com espinhos, e já que a manipulação facilita tudo, ao segurar a clava não sinto o seu verdadeiro peso. Desmanchando tudo jogo a areia para esquerda e direita, elas ganham a forma de duas mãos gigantes, movimentando meus dedos eles repetem como uma mimica. - Perfeito. - Então, finalmente puxo ela toda de volta e formo uma nuvem, subindo em cima dela começo a subir. Porém não vou muito alto. Descendo a solo firme, respiro um pouco ,então saio do local.

Técnicas:
Fricção Silíca

Categoria: Hijutsu
Dificuldade: E
Custo: 20
Notas: A cada dois segundos em contato, seca um metro;
Descrição: Técnica de Drenagem, usando a absorção da areia, o usuário emite ondas que vibram quaisquer matérias separando-as e gerando areia, absorvendo e extinguindo líquidos, para então formar areia!

Tempestade de Areia

Categoria: Hijutsu
Dificuldade: D
Selos: Tigre
Custo: 10 Manter
Poder: 2
Notas: 5M/s, em torno de dez metros do usuário.
Descrição: Banhando a areia com seu chakra, o usuário pode a manipular da forma que preferir, limitado a formas simples sem muita complexidade e resistência devido a sua baixa densidade.
avatar

Status
Vida:
200/200  (200/200)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Sem Equipe - Nameless

em Qua Out 25, 2017 10:25 pm
Após sair do gabinete do Hokage, ordenando que meu companheiro acompanhasse e ali eu ficava olhando para o campo de treinamento observando as marcas de treinos passados, ali investigaria para poder ter uma resolução de criação e adaptação de habilidades.
avatar

Status
Vida:
120/120  (120/120)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Sem Equipe - Nameless

em Qui Out 26, 2017 1:36 am
Saia do gabinete do Kade de Konoha, pensando o porque o garoto de aparência moderna não dava a minima pra mim, ele nem me respondeu, "Eu devo ser indigno, não ha outra explicação"  pensava em minha mente ate ser surpreendido pela voz feminina em minha cabeça:
-Yuki, acalme-se, as vezes ele não escuto suas esforçadas palavras de tempo ao tempo, ele ira falar com você, agora, porque você não pega a quele velho pergaminho e tenta ler para treinar algo no campo de treino? 
-Mas e claro o pergaminho. -Digo esquecendo do meu companheiro, levando minha mão direita ate minha manga esquerda, puxo um velho pergaminho meio desgastado com o velho simbolo do clã nara.' -Rs,rs,rs o maninho nunca vai dar falta desse pergaminho." dizia em minha mente, e a voz nada falava, então com o máximo de cuidado possível removo o pequeno laço feito com barbante presente no mesmo, com movimentos leves para não estragar a relíquia, levo meu dedo ao nó no centro do laço de barbante, segurando esse nó com meu dedão da mão direita, levo a mão esquerda ate uma das astis do barbante, puxando assim sua ponta, desvezando o nó, agora com o pergaminho aberto, eu e o jovem que eu ainda não sabia o nome tínhamos saído no prédio do Hokage, uma vez la fora, paro por algum tempo deixando ele ir na frente, para que eu possa ler o pergaminho, que continha inúmeras tecnicas e segredos do meu clã, porem procuro por uma especifica, a marca da minha linhagem para ser mais preciso, um jutsu capas de dominar um alvo através de sua sombra, o forçando a movimentar-se da mesma maneira que eu, apos um rápido bater de olhos no pedaço de papel, encontro a técnica, começo a ler a mesma, porem agora volto a andar para não perder, o meu parceiro de vista por completo, ele ja estava a cerca de 10 metros a minha frente então aperto o paço, ate chegar a cerca de 2 metros atrás dele, apos isso volto a minha leitura sem parar de andar.
-Vejamos, a técnica não me parece muito difícil porem eu não sei se consigo, e se eu fracassar esse garoto zombar de mim... Melhor eu não tentar nada.
-YUKI. VOCÊ IRA TREINAR ESSA TÉCNICA E CONSEGUIRA, PROVANDO A TODOS QUE VOCÊ NÃO... É... UM FRACASSADO. -Grita a voz na minha cabeça.
-Sou tão fracassado que quando, eu vim ao mundo minha mão se foi, eu chegai ao mundo sendo um assassino.
-Yuki, não e assim sua mãe morreu porque foi fraca, mas você... Você pode ser diferente.
-Cala sua boca, Minha mão não foi fraca, ela era uma excelente Ninja medica, e morreu dando a vida para mim... Talvez Tomatsu, esteja certo... Eu sou um peso ao mundo. -Respondo a voz em minha cabeça porem sem perceber, acabo perdendo o jovem de vista.
-Apenas treine. -Disse a voz em um tom calmo e apos isso se manteve em silencio.
Minha raiva por mim mesmo só crescia eu não entendia como os deuses deixavam um ser tão desprezível feito eu, que mato a própria mãe, viver livremente sem punição.
Vejo então uma pequena praça em volta de uma arvore, com bancos que tinham sua tintura branca gasta já, dando para ver sua madeira, me aproximo então e me sento        , deixando o pergaminho cair em minha frente quando sentado, então levo as minhas mãos na altura de minha cabeça, a poiando a mesma, de maneira que eu jogue meu cabelo para trás, lagrimas escorrem, dos cantos de meus olhos, porem nem um som eu fazia, ficava ali parado por mais ou menos 15 minutos então mais uma vez eu escutava a voz:
-Yuki, seu passado não diz quem você é, só se você deixar isso, vamos levante-se prove para o mundo que você não e fraco que você, mostre que sua mãe não morreu dando a luz a um fracassado, e sim a um herói, o herói de Konoha... Vá em busca de poder, mostre seu valor criança. -Tais palavras me motivam, pelo menos no momento em questão, pois eu sabia que voz estava certa, então pego o pergaminho com minha mão direita, aperto o mesmo, levanto o braço direito ate meu máximo, deixando o pergaminho em um angulo próximo a 90° graus e digo em voz alta:
-EU Nara Yuki, serei O herói de Konoha. -Digo isso com uma convicção, olhando para o sol, como se eu estivesse fazendo uma promessa pro mesmo, porem logo sou interrompido por sons de conversas, olhares e ate mesmo piadinhas sobre mim, então a ficha cai, eu havia esquecido que estava em um local publico, meu rosto cora, na hora, a vergonha toma conta de mim, abaixo meu braço e então escuto um comentário vindo da multidão:
-Um ser que mata a própria mãe, nunca sera um herói Yuki... Essa é a regra. -Muitos dos cidadãos param e começam a procurar quem disse isso com os olhos, ate que uma pessoa se destaca, era Tomatsu, meu irmão do meio, este que pegava no meu pé deis de que eu e ele fomos acolhido por Hiuzaki, nosso irmão mais velho que já morava com sua esposa quando as tragedias aconteceram, então Tomatsu vei a dizer:
-Porque pego esse pergaminho? acha que tem habilidade o suficiente para ter essas tecnicas? escuta aqui seu serzinho escroto, se eu não fui presenteado com a hiden do nosso clã geneticamente, porque você seria ? 
-Cala a boca, Tomatsu. -Gritava eu, esquecendo de todos presentes no ambiente, era a primeira vez em 17 anos que eu tinha afrontado meu irmão, eis que esse com um olhar de ira vem a dizer:
-Você? Me mandando calar a boca? eu não aceitarei isso. -Apos terminar suas palavras meu irmão investia contra mim, pegando impulso com seu braço esquerdo, jogando seu cotovelo para trás, formando um v com seu braço, como se comprimisse força para soltar tudo de uma vez, em um soco potente, isso poderia me deixar nocauteado, porem eu não tinha como escapar, então resolvo tentar a habilidade Hiden do meu clã...
Seriam apenas três selos, e um concentrar de chakra em minha sombra, porem isso poderia de fato ser difícil, principalmente pelo fato de eu ser apenas um gennin que acabo de se formar tem nem 2 horas, porem era a melhor estrategia que eu tinha, pois não poderia ir para a direita ou bateria no banco, muito menos para esquerda ou bateria na arvore, frente trás ou diagonal apenas faria com que o trajeto do soco fosse mudado mas ainda sim a chances de me atingir nessa situação é tremenda, então rapidamente faço selos, acompanhando os mesmo em meus pensamentos:
-Tigre, Macaco, Bode. -Apos isso, sinto uma mudança no meu chakra como se ele se agita-se, mando então o mesmo para meus pês e consequentemente para minha sombra, tornando ela em um tom mais escuro que o normal, eu sentia a mesma como uma extensão minha, parecia um membro meu que eu sempre tive mas não sabia,  concentrando então na mesma olho para a sombra de meu irmão que estava ali na frente a cerca de dois metros de mim, sem muita demora a sombra simplesmente vai na direção do meu irmão, quando o alcança ele para de andar, seu soco é´parado ele começa a imitar meus movimentos. ele então começa a espernear;
-Como? isso não é´justo, como uma discórdia feito você tem a habilidade e eu não? me solta Yuki eu vou te matar. 
-Você não vai matar ninguém. Diz uma voz familiar, procuro imediatamente com a cabeça ver quem era, Tomatsu imitava meus movimentos e isso me faz soltar um breve sorriso pois era engraçado, então vejo que era meu irmão mais velho, que pega Tomatsu pelo estomago, coloca em suas costas e diz:
-Meus parabéns Yuki, Honro nosso clã. -apos isso o mesmo sai andando indo em direção a nossa casa, então a voz diz em minha mente:
-Yuki, você conseguiu, eu disse que conseguiria.
-Sim! -Respondo animado.
-Melhor voltar a procura do campo de treino e encontrar seu amigo. -Apos falar isso, recolho meu pergaminho amarro o mesmo e coloco em minha manga de volta, e saio em direção ao campo de treino, para encontrar meu companheiro, minha alto estima estava maior, agora então vou com um sorriso no rosto. chegando la, vejo o jovem de costa para mim olhando o campo que estava parcialmente destruído, ele aparentava nem ao menos ter percebido que eu não estava aqui, isso me deixa um pouco triste, e logo penso:
-Realmente eu sou um lixo de pessoa...                             

Técnica aprendida:


Imitação da Sombra

Categoria: Hijutsu
Dificuldade: D
Selos: Tigre, Macaco, Bode
Custo: 35 (5 Manter)
Notas: 6M/s, alcança até quinze metros;
Descrição: A manipulação das sombras permite ao usuário se conectar com a sombra de seu alvo, o obrigando a imitar ações, da maneira possível, quando sua sombra entra em contato com alguma nova sombra natural, ela tem seu alcance estendido.

avatar

Status
Vida:
120/120  (120/120)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Sem Equipe - Nameless

em Qui Out 26, 2017 12:27 pm
Chegava ao campo, e o meu companheiro ainda me ignorava, eu não sabia o porque, porem resolvo aproveitar esse fato de não ter sido percebido e iria tentar uma técnica nova, presente na arvore de habilidades do meu clã, ela consistia em eu, formar minha sombra em algo tecnicamente solido, fazendo com que a mesma se distancie de mim indo em direção do alvo, porem sem contato direto ao solo ou parede, podendo perfurar, enforcar e ate mesmo prender, porem a mesma tinha um rank superior a todas as tecnicas que eu já havia treinado;
-Se-sera que eu consigo? -Perguntava a mim mesmo.
-Você nem abriu o pergaminho Yuki, leia eu sei que você consegue, olha onde você chego sem acreditar em você mesmo, e pense a onde você pode chegar, Honre seu clã garoto, seja forte, seja o herói de Konoha. -Tais palavras me pareciam sabias, um breve sorriso aparecia em meu rosto, era estranho, pois a voz sempre dizia a penas o que eu queria escutar, e isso me fazia bem...
 De volta ao mundo real, nem um segundo havia se passado eu estava a cerca de 10 metros do meu companheiro que olhava o campo, então mais uma vez desfaço o nó presente no pergaminho velho, e o abro, para ler mais sobre a técnica, basicamente ela se tratava de uma manipulação da sombra de maneira mais complexa, onde ao invés de mandar chakra, para a mesma apenas para ir e dominar a sombra do alvo, eu deveria mandar a sombra sair do chão de forma que ela possa ser solida, e perfurante. isso me assusta um frio na espinha vem ate mim, um suor gélido desce pelo meu rosto em sua lateral esquerda, o meu estomago ficava estranho, parecia que tinha congelado, então a voz mais uma vez mostra-se ativa:
-Yuki, você consegue.
Mais uma vez tal fato me da uma certa confiança, pois a voz era tão reconfortante, tinha um afeto materno ou paterno não sei explicar, eu nunca tinha ouvido alguém com a quela voz, mas ela me fazia me sentir bem, então simples mente coloco o pergaminho ao chão, eu já havia memorizado a técnica por completo,   era hora de tentar colocar em pratica, a mesma era composta de quatro selos, sendo eles Bode, Tigre, Dragão e Cavalo, Nada de muito complicado, eu já conhecia esses selos de cor, segundo eu deveria concentrar chakra em meus pés mandando para minha sombra, de moto que a mesma seja animada, assim como no possessão da sombra, porem era obvio que eu deveria concentrar mais chakra, do que o normal para obter o efeito esperado, então logo me concentro, faço os selos indicados no pergaminho, e novamente sinto a sensação do meu chakra se expandindo, de forma que eu conseguia ter um certo controle maior sobre ele, então começo a fazer com que o mesmo desça para meus pés, criando uma camada protetora de chakra no mesmo, em seguida mando essa energia espiritual para a sombra, que torna-se um tom mais preto assim como da vez que imobilizei meu irmão, porem agora eu concentro muito mais chakra, na mesma porem nada de mais acontece, isso me da um desgosto por dentro, me faz cair ao chãos de joelho, dizendo em minha mente:
-Eu sou um lixo. um lixo. 
-Nara Yuki Jr, Você não é um lixo, penas não conseguiu dominar a técnica ainda, tente agora executar a mesma porem de forma diferente, tente concentrar seu chakra em apenas uma parte da sua sombra, não a mesma toda. -Diz a voz tentando me confortar.
Sem perder o desgosto e a raiva que sentia sobre mim mesmo, levanto-me e tento mais uma vez, porem dessa vez eu faria diferente, dou três passos a frente, me coloco em posição ereta da coluna, sem deixar a mesma curvada ficando em uma postura certa, então mais uma vez faço os quatros selos, meu chakra torna-se moldável novamente, então levo o mesmo aos meus pés e consequentemente, a sombra, porem concentro o chakra a penas na parte da sombra que estava a frente de meu pé direito, a mesma então tem uma reação, onde infla-se, como se ouve-se uma sobrecarga de chakra fazendo ela sair do solo, porem isso é momentâneo, logo percebo que estava no caminho certo, porem devido o fato de que eu não continuei a concentrar meu chakra, a sombra se normalizo, então mais uma vez mando chakra porem em quantidade menor, na quela área, fazendo com que a mesma levante-se mais uma vez, tendo assim uma oportunidade de manter o chakra, em constante movimento, não deixando ele se esvair, isso da certo, pois o Inchaço da área em questão não diminuiu, eu já estava na metade do jutsu, agora eu tento fazer com que a técnica eleve-se ao ponto que ela saia do chão em forma de estaca ou agulha, então concentro meu chakra um pouco a frente da sombra pois percebi que a sombra sempre procurava por mias então a mesma segue o chakra, faço isso ate que a mesma chegue atras do meu companheiro de equipe, faço um teste então concentro o chakra a frente da mesma porem faço com que ele corra de forma circular a perna do mesmo, para ver c a sombra faria o mesmo, me surpreendo quando vejo que sim, a sombra enrosca na perna do mesmo, então concentro meu chakra de forma que faço com que a sombra trave na perna do mesmo sem que ele perceba.
Isso da certo ate o ponto que percebo que o mesmo virava seu rosto pra trás, isso me assusta logo penso:
-Droga ele vai gostar ainda menos de mim se saber que eu fiz isso.
Mas eu não sabia como tirar o jutsu, então logo cancelo a técnica de moto que a sombra volte a meu corpo, porem algo da errado a mesma quando volta puxa a perda do garoto em quanto desrosque ava-se o fazendo cair, isso era muito constrangedor, então tento desfaçar do modo mais descarado positivável, desvio meu olhar para o céu e começo a assoviar. 

Tecnica :


Ajustar de Sombra

Categoria: Hijutsu
Dificuldade: C
Selos: Bode, Tigre, Dragão, Cavalo
Custo: 10 Por Linha
Poder: 3
Notas: 8M/s, alcança até quinze metros;
Descrição: Técnica capaz de erguer as sombras como matéria física, não mais apoiada em superfícies, toma aspecto de energia, podendo perfurar alvos ou os prender.

avatar
Narrador
Narrador
Ver perfil do usuáriohttp://shinobi-densetsu.forumeiros.com

Re: Sem Equipe - Nameless

em Qui Out 26, 2017 3:20 pm
Atualizando Treinos - Natzu
Status: Aprovado
Experiência: 12 Vontade.

Atualizando Treinos - Yuki
Status: Aprovado
Experiência: 20 Inteligência, 15 Vontade (Evite Double Post)
avatar

Status
Vida:
120/120  (120/120)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Sem Equipe - Nameless

em Seg Out 30, 2017 3:17 pm
Terminava de criar meu novo amigo Tibbersm, um pequeno uso feito de seda botoes de roupas e fios de aço e tecido, agora eu me levanto em vou em direção ao campo de treino, pois eu tinha uma ideá de técnica que poderia ser um grande suporte a mim, ainda eu ganharia um amigo de verdade, sigo meu caminho então saindo de trás da quela loja, e vou em direção ao campo, no caminho começo a pensar comigo mesmo como fazer esse feito:
-Tá, eu tenho a ideia, mas como irei colocar em pratica.
-Yuki, você tem o poder de controlar sua sombra, é fato que você pode melhorar e ampliar sua habilidade a um ponto que a sua sombra, ou pelo menos parte dela entre em contato com seu urso o animando, deixando o mesmo forte e obediente. -Responde a voz em minha cabeça, por algum motivo a voz estava certa isso me da uma grande ideia, aperto meu passo então e começo a correr para chegar ao campo de treino dos sem equipes, isso encurta o tempo fazendo com que eu chego no campo em 5 minutos, metade do tempo que eu levaria andando, uma fez la resolvo tentar fazer o feito, coloco o Tibbers a minha frente com cerca de 10 metros de mim, faço o selo de tigre e levo ate a altura do meu rosto, fazendo assim com que eu me concentre melhor com meu chakra, fecho meus olhos, e levo chakra ate a ponta dos meus pés em seguida levo chakra a minha sombra, a animando tornando ela mais escura que o normal, abro olhos e pronto eu havia me conectado com a sombra porem tenho que mandar ela agora de alguma forma entrar dentro do urso, sem danificar o objeto, com cautela mando a sombra então ir ate o urso, porem nada acontece eu apenas domino a sombra do mesmo, mas não deixo isso me abalar inda com o selo formado mando mais chakra para a sombra a fazendo sair do chão igual o costura, porem faço com que elas apenas subam pela superfície do urso, sem rasga-lo, agora com elas procuro uma brecha, um  buraco para ser mais preciso, fazendo com que a sombra entre dentro do urso, porem nada acontece mais uma vez ate que a voz diz em minha cabeça.
-Yuki, Eu te darei meu ultimo presente, minha consciência meu filho, seja forte e busque sempre poder.  -Na quele segundo eu diante percebo que a voz que eu escutava era minha mãe, lagrimas escorrem pelos olhos então grito:
-Mamãe... -Seguido disso a sombra toma uma forma mais grossa e a mesma vai ate o urso, apos entrar no mesmo, ele se deforma começa a exalar chakra, começa a crescer, ficando com tamanhos absurdos, garras se formão em suas patas, uma respiração forte escuto, quando olho para o mesmo ele tinha olhos negros, mostrando que minha sombra tomo conta do corpo adjacente ao meu, então em pensamento ordeno que o mesmo bata contra uma arvore ali perto, sem questionar ou fazer um barulho se quer o urso vai, batendo com sua pata esquerda contra a arvore quebrando cerca de 58% da mesma em um soco, em seguida desativo o jutsu a arvore cai em seguida, do lado oposto do meu urso que tomba no chão quando a arvore bate ao solo, corro pego o urso abraço e digo:
-Obrigado Mamãe.
-De nada filho, sempre que quiser nos dois podemos fazer essa técnica e eu te protegerei com minha vida. -Dizia a voz novamente na minha cabeça, então na quele momento percebo que sempre que eu usar a técnica a voz toma conta do objeto me ajudando a lutar. com um sorriso no rosto e com o ursinho nos braços sigo meu caminho para a sala do Hokage para pedir minha primeira missão ao mesmo, pois eu acreditava que estava pronto.


Aprendida:
Invocar: Tibbers

Categoria: Hijutsu
Dificuldade: C
Custo: 20 Manter
Dano: +3
Nota: O Objeto possuído deve ser de algum material expansível como couro, e ter um formato humano, com pelo menos cabeça, braços e pernas;
Descrição: Uma Técnica de controle indireto, pois ao afetar o alguma objeto inanimado com sua técnica de possessão das sombras, ela terá seu tamanho elevado em até dois metros de altura, recebendo uma forma monstruosa com garras e presas, seus olhos são como a noite, porém, o usuário não precisa se mover para que ele o imite, apenas  se move como sua marionete.
avatar

Status
Vida:
200/200  (200/200)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Sem Equipe - Nameless

em Seg Out 30, 2017 7:47 pm
Uma noite tão quieta, tão escura... Andava em direção à aquele meu campo de treinamento visando talvez uma preparação para minha nova jornada. Seria difícil, afinal, ele quer a cabeça de uma criatura nível ouro e eu não tenho nenhuma preparação ainda. Precisava melhorar o pouco do quê já tenho.

Pelo horário, provavelmente todos estavam a fechar seus comércios e aquilo poderia possivelmente dificultar minha locomoção pelo vilarejo, tendo em vista que a forma de iluminação nas ruas ainda não eram predominantemente elétricas. Ponho-me por obrigação apertar o passo, para que finalmente consiga chegar até a rua em frente ao campo de treino dos sem equipe.

"Preciso melhorar nesse aspecto em breve" Comentava mentalmente, esse é um problema a qual deveria ser resolvido em um prazo não tão curto, primeiro precisava aprender algo a qual eu já tinha gasto um monte de Ryous. O meu primeiro ninpou - Vejamos - Dizia já contando com a sorte de me ser algo útil para minha missão, enquanto abria o pergaminho, já me deparava com a grama daquele campo de treinamento. Provavelmente seria um lugar a qual eu não poderia passar muito tempo, afinal, nessa escuridão em meio ao mato mediano e árvores muitas coisas podem acontecer.

Sento me posição de lótus logo ao centro do campo de treinamento, estava noite, todos os estragos daquele local estavam sendo mascarados pelo enorme véu de escuridão que cobria toda minha percepção visual. Algo me incomodava naquele ambiente, algo simples como o coaxar de alguns animais. Mas não importa, ali naquela posição estava em meu estado pleno de calma e de entendimento. Pego o pergaminho e o posiciono no chão, agora já lido, Assimilo sua informação e tento espairecer meus pensamentos e fazê-los fluir como um rio sem pedras altas. - Javali, Cachorro, Tigre, Cavalo são muitos selos de mão, devo tentar alterar sua fórmula de execução, muito tempo se é tomado, dependendo da situação de combate real, caso encontre algo que consiga ajudar a minha segurança e pense em utilizar a técnica, pode tomar muito do meu tempo - Pela primeira vez aquilo estava a acontecer, falar tanto, talvez fosse um Hobby analisar técnicas e dizer suas possibilidades. Ótima forma de descobrir, não é mesmo? Mas não importa, até mesmo eu fiquei surpreso com tanta informação passada através de minha boca - Forma de utilização: Através de objetos de combate, ou seja, armas. Pergaminhos ou uma utilização distinta como: Lugar, Paredes e entre outras coisas que sejam superfícies táteis. - Como sempre, falando mas sempre mantendo a postura pragmática de minha personalidade. Faltava agora um único aspecto a ser analisado, era bem simples, mas você deve estar se perguntando. "Por quê esse retardado está falando em voz alta e analisando algo que pode estar escrito no próprio pergaminho?" É simples essa resposta, forçando a leitura enquanto se é ditado aquilo o quê está escrito, você dobra a sua capacidade cerebral de aprendizado, sem mais comentários, apenas dizia - Utilidade: Forma de aprisionamento de elementos, Adquirir tal elemento lançado como algo característico seu e de sua própria utilização, como se fosse seu desde o início. Podendo ser pré-feito antes do combate real ou durante ele. - Já tendo uma longa análise da técnica em minha cabeça, começo sua utilização, primeiro realizando o selo de mão Javali em seguida o Cachorro, Tigre e por fim o Cavalo.

Um segundo de silêncio após a utilização e perceber que precisaria de uma superfície para gerar a fórmula do selo, pegava uma de minhas kunais e colocava a mão direita em cima dela, dizendo após isso - Fuuin! - E parte do meu chakra era enviado diretamente para aquele objeto metálico a minha frente, uma escritura brilhosa, como a lua sendo refletida no espelho d'água. Uma cor branca semi-azulada, era a forma que poderia descrever sua aparência. Após alguns segundos o selo se aquieta e eu tenho a confirmação de que aquela técnica tinha sido dominada. Um sorriso é dado. Já tendo uma de minhas armas selecionadas como portadora daquele selo, pego minha outra kunai e realizo o mesmo processo. formando um par de kunais com selo elemental, poderia vir a calhar durante minha nova longa jornada. As coloco dentro de minha veste junto do pergaminho, me levanto, junto ambas as minhas mãos a frente a meu peito e realizo uma reza antes de sair do campo de treinamento. - Que o grande salvador e os inúmeros deuses presentes em tais estrelas abençoem minha partida! - Me reverenciava ficando de joelhos antes de sair do campo de treinamento com um sorriso no rosto.

Aprisionar Elemento

Custo: 80
avatar
Narrador
Narrador

Status
Vida:
0/0  (0/0)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Sem Equipe - Nameless

em Seg Out 30, 2017 7:52 pm
Yuki - 685 palavras - necessário: 350 - 11 experiência(vontade) por cumprir no necessário + 8 pelo excedente.(Em inteligência)
Izanagi - 826 Palavras - Necessário:375(Aprendizado) + 375(evolução) - 22 de experiência em inteligência + 8 pelo excedente em Vontade.
Custo 80 > 68

═════════════════════════════

Conteúdo patrocinado

Re: Sem Equipe - Nameless

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum