Shinobi Legends
Que Horas São?


Quem está conectado
6 usuários online :: 5 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Kobura, Rakan, Tenaka, Tenzo, Umagon

Ver toda a lista

Últimos assuntos
Quest - LivreHoje à(s) 6:34 pmShi
Arredores da VilaHoje à(s) 5:10 pmTenzo
Aula 3: Saúde FisicaOntem à(s) 11:27 pmChiyo
Ficha - YhwachOntem à(s) 11:22 pmYhwach
Aula 2: Auto DefesaOntem à(s) 10:55 pmAsura
Os membros mais ativos da semana
3 Mensagens - 21%
2 Mensagens - 14%
2 Mensagens - 14%
1 Mensagem - 7%
1 Mensagem - 7%
1 Mensagem - 7%
1 Mensagem - 7%
1 Mensagem - 7%
1 Mensagem - 7%
1 Mensagem - 7%

Notas
Todos os clãs Sofreram Reworks! Se você tiver interesse, dê uma olhada no seu, alguma técnica pode ter sido modificada! XD

Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Hokage
Hokage

Status
Vida:
200/200  (200/200)
Chakra:
230/300  (230/300)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Provisório -

em Sex Out 13, 2017 11:43 am

Campo Vazio
Campo provisório usado para o formar de trios, agora ajustado, tornou-se obsoleto...
avatar
Genin
Genin

Status
Vida:
200/200  (200/200)
Chakra:
200/200  (200/200)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Provisório -

em Dom Out 15, 2017 3:55 pm
Deixado para morrer sobre as gramas de uma densa floresta ao Norte do vilarejo, abandonado pelo próprio pai, esquecido pelo seu povo, sem uma única salvação sem nem mesmo 1 hora de vida, ele estava pronto para deixar aquele universo quando, rodeado de feras sedentas por um pedaço de sua macia carne, os rugidos distantes da criatura amedrontava as mais famintas feras que tentavam se aproximar, o caminho estava livre, e com ele, vinham mais um grande grupo, vagando por entre as árvores seguindo o rastro que era deixado no ar, a carne fresca era capaz de atrair até mesmo os mais distantes, mas todos paravam envolta da clareira, lobos, hienas, e outros predadores que teriam devorado o bebê em segundos, até mesmo o mais faminto dos felinos se curvou diante da vontade natural, a própria mãe terra havia se posicionado diante daquele caso, impedindo os seus de atacá-lo.  Sua vontade caiu sobre os demais animais, sobre os ventos, a terra e as águas, uma energia diferente pairou sobre aquele corpo, escolhido para servir a vontade de um todo, do universo. A energia que rege dentro de cada ser humano não é nada comparada a que um dia foi capaz de dar origem ao universo e a vida terrestre, não só isso, a que torna capaz a existência de sois e estrelas no céu, constelações e grandes cinturões, tudo formado por uma imensurável energia de uma força superior, talvez provinda de uma vontade ou de um conceito impalpável, um motivo inexplicável fez aquele garoto ser abraçado por aquela energia, um recém nascido isento de pecados e maldade, salvo pela natureza de ser devorado e escolhido pela mesma para servir-lhe como representante à raça humana, criado pelos animais para compreender a importância da vida natural e os conhecimentos mais antigos.
O representante dos animais havia chegado à clareira, determinado pela mãe terra para que fosse responsável pela criação daquele garoto, escolhido para passar os conhecimentos sobre a vida e a ordem natural, o Rei da Selva, o Leão, desde aquele instante havia se tornado o patrono daquele garoto, destinado a servir e guiá-lo para o caminho da vontade da mãe. Naquela mesma noite foi se apagada toda e completa existência do vilarejo em que Hércules havia nascido, a história contada pelos guardas foi de que o vilarejo havia sido incendiado como pedido do Líder de uma outra vila, contudo, os eventos citados não diziam nada sobre a origem do incêndio, tal qual se deu por uma intervenção da mãe, um raio havia atingido o vilarejo e iniciado um incêndio para apagar todo e qualquer vestígio daquele lugar.
O campeão da luz crescera sendo instruído pelo Rei Magnus, durante seus primeiros meses de vida foi rodeado pelo bando das leoas, responsáveis por prover alimento para o garoto. Ao completar o seu primeiro ano foi designado ao aprendizado acima de qualquer responsabilidade, seu primeiro momento na selva foi atingir o cosmo, libertando-se de todo e qualquer vestígio da energia natural do seu corpo humano. Incapacitado de utilizar seu chakra corpóreo, ele foi designado a desligar sua afinidade para com o mesmo com a finalidade de atingir um novo sentido.
Com apenas 1 ano de idade ele já compreendia as coisas, não pela fala mas sim pela experiência, durante todo o tempo ele conseguia sentir o que fazer, mesmo cedo para desenvolver algum tipo de consciência, ele era capaz de fazer a tudo que era designado, suas capacidades de raciocínio foram treinadas logo cedo para a chegada do momento, seu desenvolvimento prematuro tinha um propósito que não podia tardar, o qual, visava apresentar para ele o mais breve a existência do cosmo, a energia que desde cedo vem o abraçando e guiando seus instintos, algo que desde cedo também vem ajudando no desenvolvimento do seu intelecto. Sobre uma rocha depois de completar seu primeiro ano de vida ele foi designado a abrir sua mente para aquela energia, a capacidade de conseguir usufruir da mesma por uma vontade espontânea e não da própria Mãe Terra, aquela rocha estava localizada no pico de uma montanha, rodeada de árvores e um rio, o vento batia forte acima daquela montanha, ali ele podia sentir todos os quatro elementos se juntando. Magnus estava sempre ali para designá-lo para com o próximo passo, como sentir a energia e despertá-la, o treinamento árduo e mental perdurou durante meses, sem possibilidade de descanso e brincadeiras. Não tardou para que seu resultado fosse aparecer, sua evolução era rápida devido ao seu patrono, logo foi designado a abraçar aquela energia e aprender a atingir seu Duhkka, estado de completa afinidade para com a energia cósmica, onde todas as possibilidades ficavam abertas para ele de modo que poderia usufruir do livre poder natural sem desgaste físico e vital exagerado.
A cada dia que se passava era um avanço para com os treinos do garoto, um domínio completo de sua energia foi obtido em tão pouco tempo, seu preparo físico estava a cada dia sendo mais bem trabalhada, por herdar a capacidade dos felinos, focou-se em aumentar muito sua velocidade e força através de treinamentos, os quais variavam entre carregar rochas a alguns metros, no começo, e por quilômetros quando estava mais acostumado com o carregamento de peso, sempre focando em manter sua mente saudável através da meditação e controle da energia cósmica, sentado na rocha no pico da montanha para que pudesse se sentir mais próximo do universo, onde toda a energia captada era mais fluida.
.................
Caminhando sobre as regiões menos povoadas daquele vilarejo ele tentava achar algum ,lugar para se agrupar, era difícil dizer toda a experiência uma vez que não se conseguia compreender o povo a quem se juntara, os caminhos tomados por ele eram totalmente guiados por outra fonte, ele estava seguindo um agrupamento de outros da mesma altura, talvez até idade, um grupo mútuo de pessoas passava por ali, outras ficavam por lá e pareciam treinar, passando por esse local, compreendeu ser um ambiente usado para compartilhar conhecimentos, já que, estavam em conjunto onde cada um lutava para se exibir para o outro ou então aumentava seu poder em conjunto, um grupo talvez, Hércules não estava disposto a se juntar a grupos no momento, caminhou para um canto vazio, o qual estava isento de pessoas, a julgar pela forma com qual se distribuíam, dividiam-se os espaços para cada grupo poder treinar, esses números variam de forma curiosa, mas o máximo em cada grupo obedecia sempre um número máximo de 3 pessoas. Ele analisava cada detalhe antes de deixar seu corpo cair debaixo de uma árvore, lá, ele juntava as mãos na frente do corpo em forma de concha, para sentir a energia cósmica ele passava a abrir sua mente, concentrando seu poder no patrono para que pudesse se conectar com Magnus, que mesmo depois de morrer para salvar sua vida continuara ouvindo o garoto das constelações, convocar um patrono era o simples ato de trazer o responsável por ajudar-lhe a abrir o sentido para o cosmo, sendo seu guia até o momento da morte, tirar o poder de um patrono seria buscar sua essência no imenso universo, mesmo depois de morto, um ser ainda emana energia. Ao convocar seu patrono, Hércules tinha o objetivo de buscar por mais poder e velocidade para começar a realizar seus treinos diários, visando aumentar inicialmente sua força e velocidade, ele buscou por rochas para que pudesse colocar por debaixo dos braços, assim, carregando-as ele iniciaria uma corrida de um ponto a outro, utilizando o peso para obrigar seu corpo a exercer força para erguê-los, se mover com pesos também iria aumentar sua velocidade para quando estivesse sem eles. Dando segmento ao seu treino para não ficar somente correndo de um lado a outro, ele utilizaria as árvores para tentar subir na copa destas, com os pesos e ma velocidade alta.

Aprendido:
Cosmo

Categoria: Hijutsu
Descrição: O Despertar do Cosmo é o despertar um novo sentido o qual permite ao usuário sentir a energia natural cósmica, gerada a milhões de anos devido à criação do universo, é emitida ao seu redor por outros seres e estrelas que constituem o universo. O controle do Cosmo em cada ser depende não só de habilidade mas sim tempo, maior contato com o natural permite um controle mais rápido e mais forte de tal. Sua diferença está na capacidade de dissipação e potência, a qual aumenta a eficiência dos elementos de Natureza.

Duhkka

Categoria: Hijutsu
Dificuldade: E
Cura: 1 Por Turno; 
Notas: Sua recuperação é de Vida e Chakra; O usuário pode gerar um impulso dessa recuperação, uma vez ao dia, aumentando seu valor em até cinco vezes por um turno.
Descrição: Utilizando a energia cósmica para superar os limites naturais de seu corpo, o usuário libera o universo que contém dentro de si para acessar uma gama de possibilidades de técnicas de aspecto universal. A transformação que faz o chakra transbordar do corpo do usuário concede a ele uma capacidade média e moderada de regeneração vital e física, como custo, suas habilidades com Genjutsus e Ninjutsus ficam bloqueadas. A transformação causa uma aproximação ainda maior do usuário para com o universo e sua energia, o que o permite a partir desse ponto guiar-se através de simples energia vital que todo ser emana.

Patrono Cósmico

Categoria: Hijutsu
Dificuldade: D
Custo: 10 Manter
Poder: +1
Notas: +5M/s; +20 Agilidade;
Descrição: Concentrando seu Cosmo a ponto de banhar-se com o mesmo, o usuário foca toda essa energia ao redor de si a fim de conjurar a figura de seu patrono divino na forma espiritual atrás de si. Conjurar o patrono tem um significado simbólico para os membros do clã, onde seu ancestral animal passa a assisti-lo das estrelas, lhe fornecendo uma benção de poder e velocidade.

Afeto Cósmico

Categoria: Hijutsu
Dificuldade: C
Custo: 25 (50 Escudo)
Notas: Vida do Escudo: 100
Descrição: Em seu estado de Duhkka, cujo qual conecta o espírito com o universo como um todo, o usuário é capaz de emitir um impulso de Chakra para se comunicar seres a quilômetros de distância ou até mesmo com a própria natureza e o universo ao seu redor. Ao se conectar com o universo o usuário pode também manipular parte de sua energia uma vez ao turno, podendo gerar uma barreira de puro chakra para se proteger de golpes físicas ou de chakra da mesma intensidade ou menor.
Usado:
Patrono Cósmico

Categoria: Hijutsu
Dificuldade: D
Custo: 10 Manter
Poder: +1
Notas: +5M/s; +20 Agilidade;
Descrição: Concentrando seu Cosmo a ponto de banhar-se com o mesmo, o usuário foca toda essa energia ao redor de si a fim de conjurar a figura de seu patrono divino na forma espiritual atrás de si. Conjurar o patrono tem um significado simbólico para os membros do clã, onde seu ancestral animal passa a assisti-lo das estrelas, lhe fornecendo uma benção de poder e velocidade.
avatar
Hokage
Hokage

Status
Vida:
200/200  (200/200)
Chakra:
230/300  (230/300)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Provisório -

em Dom Out 15, 2017 5:51 pm
Tenzo sozinho, Masamune e Hayato também sem o Shi, e agora... Seria aquele Hércules? Também sozinho... Muitos ninjas estão ausentes, isso é um problema, acho que Natzu e Renzo ainda estão em missão... Pena... -Olá!- Me anuncio caminhando em direção a Hércules, o Genin mais peculiar da vila... Caminho segurando uma Bandana, a qual eu entregaria a ele, independente de suas notas, ele conseguiu completar a academia com as piores notas, mas ainda assim me chamou a atenção, o que me fez abrir seu espaço para virar Genin... Me sento em sua frente e tentava chamar sua atenção novamente para que viesse para perto de mim... -Sou Ieyasu, é Hércules né?- E espero sua resposta...
avatar
Genin
Genin

Status
Vida:
200/200  (200/200)
Chakra:
200/200  (200/200)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Provisório -

em Dom Out 15, 2017 6:04 pm
Ele estava ali sentado, absorvendo sua energia e captando, entrando em contato com seu mundo, uma voz exterior o interrompera, sua conexão era cortada de forma bruta, Hércules abria seus olhos para ver quem estava o incomodando naquele momento, não pode deixar de estar surpreso de alguém ter ido se comunicar, ainda sim, suas palavras eram rápidas e a mente do garoto tinha um processo mais lento para compreendê-las com exatidão, não que sua capacidade de raciocínio fosse lenta, mas sim, sua falta de conhecimento avançado no idioma, de alguma forma ele conhecia seu nome, o que levou o garoto a se questionar como tivera conhecimento disto. - Não... compreendo seu... hm... hmmm... I- Idioma... Eu... Sim... Hércules..., você é Ie...Ieyasu? Como sabe... meu nome? -


Última edição por Arthas em Dom Out 15, 2017 6:06 pm, editado 1 vez(es) (Razão : Arrumar espaçamentos entre as vírgulas)
avatar
Hokage
Hokage

Status
Vida:
200/200  (200/200)
Chakra:
230/300  (230/300)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Provisório -

em Dom Out 15, 2017 6:17 pm
Já vi tudo, bem... Paciência... Ele tem dificuldades para falar, isso significa que não cresceu com humanos, com pais e amigos, sozinho, como pode ter crescido tanto? Além de ser bastante forte para a idade, difícil de pensar como... Ele se movimenta como um bárbaro, de modo instintivo... -Eu conheço todos aqui!- Digo apontando para a vila num todo... -Você é forte, precisa treinar, mas também precisa aprender!- Digo para ele de maneira pausada, enquanto cruzava minhas pernas em lótus... -Não sou o melhor para te ensinar!- E então represento a fala apontando para meu peito, -Você também está sem trio, eles não chegaram até aqui!- Aponto para o chão... -Eu lhe diria para seguir alguém e aprender mas...- Mas são todos impacientes e ninguém teria o bom senso de ensinar alguém, então retiro um livro de poemas de meu bolso... -Veja, livro!- E então o abria para o rapaz, era um livro repleto de figuras, com frases famosas e poemas, ilustrações e tudo mais, uma edição de colecionador do Antigo jornal de Konoha... Aponto para letras e as dizia em voz alta... -A!- Repetia isso algumas vezes, até completar um alfabeto inteiro, era um processo complicado, mas iria passar o tempo que fosse para o ensinar... -Ba!- E então começaria a dizer as sílabas, todas as combinações possíveis, um processo ainda mais demorado! -Escrituras...- Usava algumas palavras para tentar o fazer sentir o que queria dizer!

(Treine com no mínimo 400 palavras uma espécie de reação e aprendizado para os exemplos citados, em foco a leitura)
avatar
Genin
Genin

Status
Vida:
200/200  (200/200)
Chakra:
200/200  (200/200)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Provisório -

em Dom Out 15, 2017 6:42 pm
Ele estava sentado de costas para a árvore, aos poucos as palavras começavam a fazer um pouco de sentido em sua cabeça, combinada com os gestos isso ia se intensificando de modo a formar algum significado geral, um objetivo em suas frases, mas era como se aquilo tudo não tivesse nenhum objetivo, o vazio com quais as palavras eram ditas pelo homem, era um começo considerável, mas parece que tudo no fim iria ser lento e pouco produtivo, dizia a si mesmo enquanto pronunciava calmamente as vogais que o homem apontava em um pedaço de... O que diabos era aquilo? Uma espécie de pedra? Não... Era maleável demais para isso, ele tinha certeza de já ter visto antes, usado para marcar, geralmente com tinta, as mesmas que ele produzia com frutos para desenhar nas paredes da caverna.  O homem ensinava cada vogal, cada letra, a pronúncia de Hércules ia melhorando conforme a experiência, ainda sim, sua ideia de que no fim não serviria muito ainda perdurava em sua cabeça, afinal, de que adianta ler frases, pronuncias palavras, ou até recitar versos se tudo aquilo não fazia sentido, elas não tinha essência nem significado, e o quanto antes se desse conta disso, mais rápido ele iria aprender, talvez com a ajuda de gestos do homem, apontando coisas ele pudesse entender as palavras melhores, inicialmente poucas, ele era um garoto persistente, com toda a certeza que se dessem um livro de palavras em sua mão ele iria buscar conhecer a todas com um pouco de seu esforço. Hércules não desmerecia o aprendizado que o homem lhe dava, juntando vogais com consoantes ele recitava palavras ou sílabas, mesmo que elas não fizessem sentido ele aguardou o bastante para que pudesse questionar os métodos de ensino, ele não queria parecer rude, mas também queria mostrar o verdadeiro problema que ele tinha com o idioma. – Você... Ieyasu... pó de... Me... mostrar... O que são ? Não... Não sei... o que são... – Ele buscava pelo livro apontando palavras aleatórias as quais não entendia, além de que, apontava para elementos a sua volta, a começar pela árvore. – Como... Ieyasu chama... ? – Ele levava seu indicador para a árvore e depois para o homem tentando melhorar o entendimento em suas palavras falhadas, e após isso, aproximava o livro do rosto, praticando a pronúncia de palavras compostas que não entendia, ele esperou que o homem fosse corrigi-lo caso a pronuncia saísse incorreta, e depois, questionaria o seu significado.
avatar
Hokage
Hokage

Status
Vida:
200/200  (200/200)
Chakra:
230/300  (230/300)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Provisório -

em Dom Out 15, 2017 6:49 pm
Com o tempo aquilo se tornava cada vez mais agradável, passar algo para alguém, eu não estava ensinando a um ninja uma técnica destrutiva, não estava ensinando a um samurai como vencer alguém, não era nada relacionado à mortes, era como o filho que eu nunca tive, e estar ensinando palavras... Simples palavras! Me deixava muito feliz como Hokage! -É uma Árvore!- Respondia, sempre deste mesmo jeito, demonstrando paciência e vontade de o ensinar... -É um mundo grande Hércules, não sei o porque mas sinto a vontade de dizer isso- Olhava para o céu e para o horizonte -As pessoas cobiçam poder, mas esquecem do real sentido disso tudo...- Aponto para meu coração, -É isso aqui que importa, com isso, tudo pode ser seu!- Podia parecer até complicado para ele, mas algum dia o rapaz iria encontrar alguém por quem lutar! Após isso, continuava a o explicar sobre o livro e o mundo, até que me aproximo dele, o mostrando uma palavra em específico, aproximando o rosto dele ao livro para que ele o segurasse, sutilmente faço os selos Tigre e Bode, assim toco sua mão de modo a sinalizar uma palavra com seu indicador, -Consegue ler essa?- Pergunto para disfarçar...

Após o toque, volto a minha pose inicial e deixo-o continuar a praticar, enquanto digo bem baixo para mim mesmo... -Agora entendi tudo... Você é um garoto e tanto...-...

Uso:
Leitura Adaptativa

Categoria: Hijutsu
Dificuldade: E
Selos: Tigre, Bode
Custo: 35
Descrição: Com um simples toque o usuário pode varrer toda a mente de seu alvo buscando informações ocultas e as revelando, porém, com o devido cuidado, uma mente lida por completa pode causar danos a mente do usuário!
avatar
Genin
Genin

Status
Vida:
200/200  (200/200)
Chakra:
200/200  (200/200)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Provisório -

em Dom Out 15, 2017 7:02 pm
- Árvore... – Acariciava o casco desta, logo atrás, ele olhava para a copa, o verde das folhas reconfortante sobre o qual estava a aprender sobre o idioma, ele podia senti-la observando-o. – Árvore... Mãe... – Tentando explicar um pouco de sua ligação, ele demonstrava a importância de tal para ele. O homem proferia algumas palavras, não faziam muito sentido, algo como estar por apontar em seu próprio peito, poder, talvez estivesse querendo se referir ao pequeno universo que rege dentro de cada uma, o famoso Chakra, talvez quisesse vê-lo. – Poder... Árvore... Água... Mãe... é meu poder... – Na palma de sua mão um brilho incomum se acendia, apenas um simples contato de seu corpo para com o Cosmo, era difícil para todos o enxergarem já que não estavam conectados com o mesmo, portanto, transmitiu isso através do ar, da própria terra, a brisa suave emitida pelo vento, ele conseguia transmitir suas emoções suaves através dos elementos, emitindo então, algo reconfortante, um toque gentil da mãe terra. Hércules continua tentando entender as palavras, com o rosto perto do livro, ele conseguia decifrar algumas em meio a muitas, ainda sim era uma tarefa difícil, mas ele conseguia sentir os elementos presentes naquilo que era chamado de livro, talvez de origem natural. – De onde... vem ? – Perguntava ele agora tentando compreender a origem de alguns elementos presente na cultura humana.
avatar
Hokage
Hokage

Status
Vida:
200/200  (200/200)
Chakra:
230/300  (230/300)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Provisório -

em Dom Out 15, 2017 7:25 pm
-O trabalho do homem é viver e aprender, alguns chamam de destruição, outros evolução!- Comento antes de responder as perguntas, assim toco o papel -Isso é uma folha de papel, uma folha como a de uma árvore, papel vem da árvore!- Isso sim seria bem complicado, mas não estou aqui para exitar de ensinar, parecia que mesmo em tão pouco tempo ele já havia aprendido tanto, era de se orgulhar! -Hércules, foi um prazer vir até aqui pessoalmente, você tem poderes incríveis dentro de si, mas para isso precisa aprender muito!- Sinalizo para a vila, -Dê uma volta pela vila toda, analise os cenários, pessoas, conheça coisas, pessoas, isso lhe dará o poder necessário para crescer ainda mais, se quiser dar uma volta por fora da vila tudo bem também!- Afinal queira ou não ele nasceu assim, seria bom para ele! E então me viro de costas para sair dali, aceno enquanto ando! -Até breve!-...
avatar
Genin
Genin

Status
Vida:
200/200  (200/200)
Chakra:
200/200  (200/200)
Arsenal:
Ver perfil do usuário

Re: Provisório -

em Dom Out 15, 2017 7:47 pm
Hércules ficava analisando o livro, as palavras do homem não faziam muito sentido pois agora mais do que nunca estavam vagas, mas com esforço, ele conseguia compreender de que aquilo era um papel, papéis compõem livros, tudo isso é composto de pura energia provinda da terra, talvez a Mão não ficasse tão orgulhosa do chamado projeto sem o equilíbrio, era necessário manter uma harmonia entre os seres, talvez um profeta da natureza pudesse fazer isso, alguém de dentro da própria humanidade, um dos seus para ser criado de modo que pudesse compreender o outro lado, o avanço abusivo humano em sua busca sedenta pelo próprio orgulho afetava a um ciclo todo, não sabia se era sorte ou até um fardo que carregava, mas ele conseguia compreender o lado que era mais afetado, ele tentaria buscar um equilíbrio, seu objetivo pelo qual vive, lutando pela mãe e a preservação dela.
Hércules pegou o livro, acenou para o homem domando aquilo como algo que usam para se despedirem, o garoto olhou o livro e o abraçou junto ao corpo para mantê-lo em segurança, em seguida, caminhou para outro lugar, interagir e se misturar, ao mesmo tempo em que buscava compreender as palavras do livro perguntando a definição de tudo para as pessoas.
avatar
Narrador
Narrador
Ver perfil do usuáriohttp://shinobi-densetsu.forumeiros.com

Re: Provisório -

em Seg Out 16, 2017 1:02 am
Atualizando Treinos -
Status: Aprovado
Experiência: 96 Inteligência, 40 Vontade.
Conteúdo patrocinado

Re: Provisório -

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum